Lucas Paquetá descarta saída e se declara: "Milan é minha nova casa"

Goal.com

A trajetória de Lucas Paquetá no Milan não tem sido das mais felizes. O clube não consegue retomar a briga por títulos e nem por vaga na Liga dos Campeões, torneio que disputou pela última vez em 2013-14, e o jogador não tem sido muito utilizado.

A última partida de Paquetá com os rossoneris antes da paralisação da Serie A Tim havia sido em 17 de fevereiro, na vitória por 1 a 0 contra o Torino. Durante a temporada, foram somente 17 partidas, nove como titular, das 26 que o clube fez até aqui. A temporada pode ser retomada no dia 13 de junho.

Mesmo assim, o brasileiro afirmou estar feliz no clube: "O Milan significa para mim a minha nova casa. Espero ser sempre muito feliz aqui e é por isso que sempre darei o meu melhor para vencer com esta equipe histórica", disse ele respondendo a pergunta de torcedores no Instagram .

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Paquetá foi especulado em várias possíveis negociações ao longo da temporada. A Fiorentina surgiu como um provável destino dentro da Itália. O Benfica também apareceu como um possível interessado no meio-campista.

Ele relembrou alguns momentos marcantes em sua, por enquanto, curta passagem pelo clube rossoneri: "A primeira vez que fui a San Siro foi incrível, um momento único neste estádio histórico e na camisa de Milão".

"Meu primeiro gol como rossonero foi muito especial para mim, também pelo período em que o fiz e por tudo o que estava acontecendo", disse Paquetá, que anotou seu primeiro gol em 10 de feveiro de 2019, na vitória do Milan contra o Cagliari por 3 a 0.

Vestindo hoje o vermelho e preto do Milan, o meio-campista declarou amor a outro rubronegro: "Meu clube favorito? O Flamengo". Ex-treinador do jogador no clube carioca, Maurício Barbieri exaltou o jogador em conversa exclusiva com a Goal e classificou Paquetá como "extraclasse".

Leia também