Lucas Lima comemora bom retorno ao Santos e vê empate justo

Após cinco anos de ausência, o Santos voltou a disputar uma Libertadores nesta quinta-feira. Porém, os primeiros minutos da estreia contra o Sporting Cristal foram preocupantes. Lento e pouco criativo, já que Lucas Lima foi bem marcado, o Peixe viu os peruanos abrirem o placar logo no início e não assustou o goleiro Maurício Viana.

Porém, o intervalo mudou os rumos do duelo. Atento na segunda etapa, o alvinegro colocou a bola no chão e contou com a estrela de Lucas Lima para arrancar o empate. Voltando após lesão no joelho, o meia deu lindo passe para Thiago Maia deixar tudo igual no Peru. Fundamental na igualdade, o camisa 10 comemorou o retorno aos gramados.

“Eu treinei muito. Ficar parado é pior, mas quero agradecer os fisioterapeutas dos Santos. Fiz uma excelente pré-temporada, e atuei bem nos primeiros jogos do ano. Porém, corri perigo quando continuei contra o São Paulo após sentir a lesão. Mas agora é treinar bastante. Foi um jogo aberto. A equipe deles é qualificada. É um empate justo”, explicou o Lucas Lima na saída do gramado.

“Foi um importante resultado, por o primeiro jogo. Creio que a equipe demorou para entrar na partida, mas quando entrou, nós dominamos. Sofremos um pouco, é normal. É Libertadores. Mas esse ponto vai fazer diferença lá na frente. Libertadores não tem jogo fácil”, concluiu o meia.

Com a igualdade, as duas equipes acumulam um ponto e ficam empatadas na tabela. O líder do grupo 2 é o The Strongest, que venceu o Santa Fe, da Colômbia, por 2 a 0, em La Paz, na Bolívia, também nesta quinta.

Na segunda rodada da Libertadores, o Peixe encara o time boliviano, na próxima quinta-feira, às 21h45 (de Brasília), na Vila Belmiro. Porém, antes da competição continental, o alvinegro tem um compromisso pelo Paulistão, no domingo, às 18h30, diante do São Bernardo, no ABC Paulista.