Lucas Braga, do Santos, é alvo de injúria racial por narrador

Matheus Ribeiro
·2 minuto de leitura
PORTO ALEGRE, BRAZIL - FEBRUARY 3: Lucas Braga of Santos and Lucas Silva of Gremio fight for the ball during the match between Gremio and Santos as part of Brasileirao Series A 2020 at Arena do Gremio Stadium on  February 3, 2021 in Porto Alegre, Brazil. (Photo by Silvio Avila/Getty Images)
PORTO ALEGRE, BRAZIL - FEBRUARY 3: Lucas Braga of Santos and Lucas Silva of Gremio fight for the ball during the match between Gremio and Santos as part of Brasileirao Series A 2020 at Arena do Gremio Stadium on February 3, 2021 in Porto Alegre, Brazil. (Photo by Silvio Avila/Getty Images)

Durante a partida entre Grêmio e Santos, nesta quarta (3), válida pelo Campeonato Brasileiro, o atleta do Santos Lucas Braga foi vítima de racismo por parte de um narrador de uma rádio do Rio Grande do Sul.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

Ao tentar identificar Lucas Braga durante a partida, o narrador Haroldo de Souza, da Rádio Grenal, perguntou ao repórter quem era o “crioulinho” que jogava na ponta esquerda do clube paulista. Ele ainda terminando afirmando “é um jogador de cor, numa boa”.

Leia também:

O Santos publicou uma nota oficial, afirmando que não pode “apenas lamentar ou repudiar os termos”, mas que é preciso “ação e mobilização”, e que o Departamento Jurídico do clube tomará as medidas cabíveis.

A MMC Sports, que assessora Braga, postou o vídeo em sua conta no Instagram, repudiando a ação do narrador: “Nos sentimos enojados de ter de responder a uma situação como essa, inexplicável em todos os sentidos. Acreditamos ser um extremo absurdo a forma com a qual o locutor Haroldo de Souza se referiu ao atleta, proferindo pronomes racistas e o fazendo com naturalidade”.

Confira a nota completa do Santos:

O Santos FC não vem por meio desta apenas lamentar ou repudiar os termos racistas utilizados pelo narrador Haroldo de Souza, da Rádio Grenal.

Não cabem mais lamentos ou notas de repúdio sobre racismo em pleno 2021. Cabe ação e mobilização.

O Clube, através de seu Departamento Jurídico, tomará medidas cabíveis, da mesma maneira esperamos uma reação efetiva do veículo de comunicação empregador desse senhor e da própria comunidade que compõe a audiência de tal rádio.

É no silêncio, na omissão, na relativização frente ao preconceito que o racismo cresce silenciosamente e se estabelece de forma estrutural em nossa sociedade.

Basta de tolerância com racismo!
Basta!

Santos FC
#TimedeBrancoedePreto

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos