Lucas Braga culpa início ruim para derrota do Santos na Bolívia

·1 minuto de leitura


Titular na derrota contra o The Strongest, por 2 a 1, na altitude boliviana, o atacante Lucas Braga avaliou a partida e apontou o começo ruim da equipe santista como determinante para o triunfo do Tigre.

O Santos levou gols aos 15 minutos, de Reinoso, e aos 22, com Willie Blackburn. Atrás do placar, a equipe não teve força para se recuperar na partida.

"Perdemos o jogo logo no início. A dificuldade aumentou com dois gols rápidos. Baixaram as linhas e tivemos dificuldade para entrar. Se não tivéssemos tomado esses gols, seria uma partida mais tranquila", disse Lucas Braga, que na sequência avaliou a estratégia de jogo do Peixe na partida.

"Não houve nada de errado na estratégia, foi falta de atenção conjunta. Trabalhamos a bola longa deles na semana. Tomando esses dois gols rápido, então a partida tomou rumo diferente".

Em relação a possibilidade de classificação, o Santos aguarda agora o resultado do duelo entre Boca Juniors e Barcelona de Guayaquil, partida que será disputada quinta-feira, na Argentina, para avaliar o que precisa fazer na última rodada para se classificar, confronto que será contra o time equatoriano. O Peixe ocupa no momento a 2ª posição do grupo, com seis pontos, mas pode cair uma posição se o Boca - que também tem seis pontos - conquistar o empate ou a vitória na quinta-feira. Na última rodada, o Santos enfrentará o Barcelona, líder do grupo com nove pontos, no Equador.

Mesmo com um cenário negativo, Lucas Braga acredita que ainda dá para o clube passar para a fase mata-mata da Copa Libertadores.

"Jogo decisivo. Situação ficou difícil, mas não impossível. Trabalharemos bem para vencermos e nos classificarmos na última partida", finalizou o atacante.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos