Do "fora Lula" ao "fora Bolsonaro": as declarações polêmicas de Piovani

Yahoo Vida e Estilo
Luana Piovani e a política: relembre as polêmicas da atriz (Foto: Reprodução/Instagram @luapio)
Luana Piovani e a política: relembre as polêmicas da atriz (Foto: Reprodução/Instagram @luapio)

Luana Piovani não tem papas na língua e sempre fez questão de dizer o que pensa sobre a política brasileira. A atriz e apresentadora, que hoje mora em Portugal com a família, tem histórico de posições fortes. Ainda no Brasil, ela marcava presença em manifestações anti-PT e chegou até ir à Curitiba (PR) para pagar uma promessa depois da prisão de Lula.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no InstagramFacebook e Twitter, e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentários

Atualmente, a loira fala menos sobre o assunto nas redes sociais, mas deixa claro que é contra Jair Bolsonaro (sem partido). Luana se diz “estarrecida” com atitudes do presidente em relação à pandemia do novo coronavírus e pede seu afastamento do cargo.

Leia também

Do “fora Lula” ao “fora Bolsonaro”, relembramos as declarações polêmicas de Luana Piovani. Confira abaixo:

“Fora Dilma”

A atriz vestiu a camisa da Seleção Brasileira em março de 2016 para pedir o impeachment da então presidenta Dilma Rousseff nas ruas do Rio de Janeiro. Na ocasião, ela também manifestou apoio à Lava-Jato e ao ex-ministro da Justiça Sérgio Moro, que era juiz o responsável pela operação. “Só as 10 medidas contra a corrupção nos protegerão das futuras jararacas”, escreveu na época.

“Bando de corruptos filhos da mãe”

Em abril de 2018, Luana voltou às ruas do Rio de Janeiro para pedir a prisão de Lula. Ao lado de Lucinha Lins e Victor Fasano, ela caminhou na orla de Copacabana em uma manifestação organizada pelo Movimento Brasil Livre (MBL) e gravou vídeos mostrando revolta com o cenário político. “A gente que paga o salário desse bando de corruptos filhos da mãe”, gritou. O ex-presidente se entregou à Polícia Federal poucos dias depois do ato.

“Maçã para o Lula”

Um mês após o petista ir para a cadeia, a ex-global foi até Curitiba, no Paraná, para pagar uma promessa e compartilhou toda a sua jornada nas redes sociais. “Jurei que deixaria uma maçã na porta da delegacia quando o Lula fosse preso. Pode parecer besteira, mas estou envolvida com isso há três anos”, disse em maio de 2018. Luiz Inácio “Lula” da Silva foi solto em novembro do ano passado após o STF derrubar a prisão em segunda instância.

“Não dá para deixar de ‘trepar’ por causa de política”

A atriz participou do programa ‘Conversa com Bial’ em outubro de 2018 junto com Pedro Scooby, seu marido na época, e falou sobre a polarização política do Brasil. Luana disse que “não podemos colocar política em primeiro lugar”. “Não adianta a gente ficar brigando quando divergem da gente. Não dá para deixar de sorrir, ‘trepar’ e beijar por causa de política”, disparou.

Pedro Scooby e Luana Piovani em outubro de 2018 (Foto: Reprodução/YouTube)
Pedro Scooby e Luana Piovani em outubro de 2018 (Foto: Reprodução/YouTube)

“Dá muito trabalho ser cidadã no Brasil”

Já vivendo em Portugal, a artista disse em entrevista ao ‘UOL’ que ser cidadã no Brasil “dá muito trabalho”. Ela revelou incômodo com o excesso de pautas políticas que são discutidas pelos famosos e até cutucou a empresária e ativista Paula Lavigne. “Não sei o que tá acontecendo no Brasil, hoje eu só cuido da minha vida. (...) Me dava um trabalho... Queria postar dos meus filhos e tinha que postar sobre a Amazônia, sobre os golfinhos, aí a Paula falava no grupo... Não tava conseguindo me postar bonita de biquíni”, disparou em outubro do ano passado.

Morando em Portugal, Luana reclamou de "demandas políticas" (Foto: Reprodução/YouTube)
Morando em Portugal, Luana reclamou de "demandas políticas" (Foto: Reprodução/YouTube)

“Fora Bolsonaro”

Hoje, presa em Lisboa por conta da pandemia do novo coronavírus, Luana se posiciona contra as falas e ações de Bolsonaro em relação à doença. Ela se diz “revoltada, estarrecida e triste” com a situação de seu país e pede o impeachment do presidente. “Alguém sabe de alguma possibilidade de fazermos algo ainda dentro da ética? #ForaBolsonaro”, escreveu no Instagram.

Leia também