Luan se despede do Vasco, promete voltar e celebra acerto com o Verdão

O zagueiro Luan, que nesta semana acertou sua vinda para o Palmeiras, se despediu do Vasco da Gama nesta quarta-feira. Deixando claro seu carinho pelo Cruzmaltino, onde foi formado e está há 11 anos, o beque prometeu um dia voltar ao clube, e celebrou o acerto com o Palmeiras.

“Tudo está acontecendo muito rápido. Subi para o profissional, fui para seleção de base, fui para a principal. O Vasco me ajudou tudo nisso. Sou muito grato ao Eurico e Euriquinho. Último dia é difícil. Não sei quando, mas eu volto. Já falei para eles, ainda vou perturbar muito a vida deles aqui”, disse o zagueiro, antes de comentar com alegria o acerto com o Palmeiras.

“Achei que esse momento nunca fosse chegar. Antes de tudo quero agradecer a Deus pela oportunidade. Agradecer ao Vasco, ao presidente… eles que me trouxeram. Sempre fui muito firme com eles. Em 2016 tinha proposta de um clube brasileiro que pagaria minha multa. Eu disse: “Não existe, não vou sair na Série B”. Agora apareceu o Palmeiras. Estou feliz. Espero retribuir as expectativas.”

Na tarde desta quarta-feira, Luan postou uma foto em sua conta oficial no Instagram onde já dava sinais de sua saída do clube. Ao longo do dia, porém, o atleta apagou a postagem, mas comentou sobre seu significado na entrevista coletiva no clube.

“Essa frase do coração infantil eu sempre via. E hoje sentei ali no campo para tirar uma foto olhando para ela. Posso dizer que vão chegar outros bons ou melhores que o Luan. O clube vai sempre ficar, é maior que todos. Teremos outros zagueiros. Dedé passou para mim, e vou passar a bola para o Ricardo (Graça, de 19 anos)”.

O defensor realizou exames médicos nesta quarta-feira e foi aprovado no Palmeiras. No entanto, o beque não tem uma data definida para estrear, já que está em recuperação de uma cirurgia no pé direto, por conta de uma fratura no quinto metatarso do pé direito, sofrida em jogo contra o Corinthians, ainda no torneio de pré-temporada na Flórida.

Luan, de 23 anos, chega ao Palmeiras graças a um aporte financeiro da patrocinadora Crefisa/Fam, que arcará com aproximadamente três milhões de euros (R$ 10 milhões), divididos em cinco parcelas. O zagueiro foi medalha de ouro com a Seleção Brasileira nos Jogos Olímpicos do Rio-2016. Além disso, o defensor tem passagens pelas categorias de base do time canarinho, e foi chamado por Tite para a disputa do Jogo da Amizade, contra a Colômbia, no Maracanã.

Leia mais:

Eduardo esboça Verdão com entradas de Dracena, Zé Roberto e Guerra

Atenção do banco e coragem: os segredos dos dribles de ‘Kenaldinho’

Tchê Tchê ressalta importância do Paulistão: “Mudou minha vida”

Prass está de olho em renovação: “Roí o osso, agora quero o filé”

Luan foi revelado nas categorias de base do Vasco, tem dez anos de clube, e soma 172 jogos pela equipe, com 12 gols marcados. Em 2016, o Cruzmaltino recusou uma proposta de cerca de R$ 10 milhões pelo jogador. O zagueiro chegou a estar na mira do Corinthians para substituir Felipe, que foi para o Porto.

“Passei o tempo inteiro pensado ‘não vou chorar’. E acho que não vou não, porque me preparei bastante. Penso nesses 11 anos e fico feliz, deu tudo certo. Cheguei cheio de incertezas. Tudo aconteceu muito rápido… fui campeão, convocado para seleção principal. Consegui vários objetivos levando o clube junto comigo. O clube me ajudou a chegar nesses objetivos. Sempre que eu vesti essa camisa, dei minha vida. Beijava a Cruz de Malta e ia. Não vou falar mais senão eu choro e me prometi que não ia chorar”, finalizou.