Luan abre o jogo sobre chances de voltar ao Grêmio e mostra incômodo com Mancini no Corinthians: "Fico triste"

Rodrigo Salomao

Contratado no início de 2020 com grande pompa e status, Luan definitivamente não rendeu o que se espera dele no Corinthians. Todo seu currículo e tudo que demonstrou com a camisa do Grêmio deram ao torcedor alvinegro a esperança de que o camisa 7 chegaria para resolver boa parte dos problemas do time. Mas a realidade até o momento ficou bem distante disso.

Num bate-papo franco com o apresentador Benjamin Back, no programa Arena SBT, Luan não titubeou ao ser perguntado a respeito da frustração que tem sido até agora naquele que ele mesmo admite ser seu time do coração. Sobrou, inclusive, para Vagner Mancini, seu atual treinador:

"Se perguntar pra qualquer jogador isso faz falta, o ritmo de jogo. Mas tem que perguntar pra ele (Mancini) porque eu não tenho oportunidade de jogar. Se eu não me engano, sou o único ali da frente que não teve sequência de jogos. Fico triste de estar no meu time de coração e não ter oportunidade. Eu sei o que a diretoria fez para me contratar", admitiu.

Luan não escondeu a insatisfação por não estar jogando em 2021 com Vagner Mancini. | Alexandre Schneider/Getty Images
Luan não escondeu a insatisfação por não estar jogando em 2021 com Vagner Mancini. | Alexandre Schneider/Getty Images

Com a fase difícil no Parque São Jorge, nos últimos dias se especulou sua saída, até mesmo um eventual retorno do jogador ao Grêmio, por onde sagrou-se Rei da América em 2017. Rumores que foram desmentidos pelo atacante:

"Renato foi um paizão pra mim, ele me ajudou muito. Conquistamos muitas coisas juntos, mas ele está lá no Grêmio e eu estou no Corinthians. Eu quero focar aqui e ser feliz aqui (...) Não chegou nenhuma proposta diretamente até mim. Eu ouvi algumas conversas sobre isso, mas diretamente, oficial, não chegou nada", concluiu.