Luís Castro valoriza triunfo e diz que Botafogo precisa de tempo para evoluir: 'Estamos no início do trabalho'

Luís Castro estreou na temporada com vitória no comando do Botafogo (Foto: Vitor Silva/Botafogo)


Após a derrota com o time 'B' na estreia do Carioca, os titulares do Botafogo entraram em campo e venceram o Volta Redonda por 2 a 1, no Raulino de Oliveira. Apesar do resultado, a equipe sofreu para sair de campo com os três pontos, já que o adversário incomodou e se aproveitou das falhas defensivas. Em coletiva de imprensa, Luís Castro analisou o desempenho e disse que o Alvinegro teve dificuldades.

+ Confira as movimentações do Botafogo no mercado na bola no Vaivém do L!

- Jogo difícil, uma equipe com o ritmo muito forte, nós como estamos no início do trabalho desta temporada tivemos muita dificuldade de controlar o jogo. Tivemos que ter uma entrega muito forte e um cuidado para sairmos com a vitória. Podíamos ter feito melhor no último terço do jogo. Parabéns ao Rogério (Corrêa, técnico do Volta Redonda), pela forma que montou seu time. Estivemos na maior parte do jogo organizados, mas o jogo foi bem difícil - explicou.

Neste início de temporada, o Botafogo teve que modificar o planejamento. Inicialmente, a equipe carioca viajaria para os Estados Unidos, mas tudo mudou de última hora. Com isso, o comandante português ressaltou que o Botafogo ainda não está pronto e precisará de tempo para evoluir.

+ Confira e simule a tabela do Campeonato Carioca

- O que é normal no mundo do futebol é encontrar a melhor forma durante a quinta ou sexta semana da temporada, e não poucos dias como estamos neste momento. Nós podemos estar prontos daqui algumas semanas, mas ainda não estamos hoje. Nós não estamos prontos hoje para competir, mas tivemos que competir porque somos obrigados. Temos tido uma reação àquilo que estamos treinando, mas vamos continuar ajustando a equipe para o nosso melhor estado - analisou.

- Temos a intenção de no Estadual irmos nos adequando para depois tentar algo maior. Nós vamos estar prontos para jogar, às vezes bem, às vezes mal, às vezes melhor fisicamente, outras vezes pior fisicamente. Estamos sem o Segovia, sem o Carlos Eduardo, sem o Jeffinho. O time está muito modificado. Eu queria agradecer a nossa equipe que nos apoiou muito durante o jogo para nós conseguirmos os três pontos - completou.

+ ATUAÇÕES: Víctor Cuesta faz gol de cabeça e é soberano na defesa em vitória do Botafogo

O Botafogo volta a campo na próxima quinta-feira, às 19h30, para medir forças com o Madureira, no estádio Luso-Brasileiro, pela quarta rodada do Campeonato Carioca. O jogo da terceira rodada contra o Vasco, que seria na segunda, foi adiado para fevereiro a pedido do mandante.