Luís Castro fala sobre as expectativas por Portugal na Copa do Mundo e elogia o Brasil: 'Candidato ao título'

O português Luís Castro é o técnico do Botafogo (Foto: Vítor Silva/Botafogo)


Um dos temas da entrevista do técnico do Botafogo, Luís Castro, foi a Copa do Mundo do Qatar. Nesse sentido, o treinador fez elogios à seleção portuguesa, ressaltou que a equipe tem boas chances de terminar em primeiro do Grupo H, mas também colocou os pés no chão. Como ele apontou, preciso avaliar as outras equipes, que querem ganhar a competição e têm competência para isso.

> Veja figurinhas antigas dos veteranos do Brasileirão 2022

- Acho que a seleção tem muito bons jogadores e também tem um treinador muito experiente com provas dadas: campeão europeu e da Taça das Nações. Isso abre as boas perspectivas. Agora, no grupo, acho que nós temos claras hipóteses de ser primeiro e podemos fazer um bom Mundial. Eu tenho sempre a esperança de que Portugal faça bons Mundiais e bons Europeus. Sou patriota, gosto muito do país e gostaria muito que isso acontecesse.

- Agora, acho que é como lançarmos candidatos a alguma coisa. Nós não podemos somente avaliar aquilo que é a nossa seleção, a nossa casa. Temos que avaliar também os outros, os outros também são competentes, os outros também jogam e os outros também querem ganhar. O problema está muitas vezes aí. Nós temos competência, mas os outros são competentes.

> Veja e simule a tabela da Copa do Mundo

O treinador do Botafogo ainda admitiu que não quer que Portugal enfrente o Brasil nas oitavas de final. Vale lembrar que o primeiro do Grupo G (da Seleção Brasileira) enfrentará o segundo do Grupo H (da seleção portuguesa) e vice-versa. Castro colocou o Brasil como uma das favoritas ao título e ressaltou que Portugal precisa de um percurso "muito favorável" na competição.

- Agora, eu gostaria muito que Portugal não cruzasse com o Brasil logo na primeira fase, nesta primeira fase após a de grupos. Porque acho que o Brasil é um claro candidato ao título Mundial pelo elenco que tem, pela capacidade que o Tite tem de domínio sobre a sua equipe, sobre a Seleção e as ideias do Tite.

- E Portugal num outro patamar de candidatura porque vai depender muito do caminho que vai encontrar, enquanto o Brasil é uma das equipes cabeça de cartaz do Mundial e apanhe quem apanhar é sempre candidata à vitória. Portugal já tem que ter um percurso muito favorável para poder chegar lá. Isso difere as duas seleções.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos