Los Angeles e Paris apresentam candidaturas olímpicas em meio a dúvidas sobre processo de escolha

Por Karolos Grohmann
Anéis olímpicos em Gangneung, na Coreia do Sul 9/2/2017 REUTERS/Kim Hong-Ji

Por Karolos Grohmann

AARHUS, Dinamarca (Reuters) - Los Angeles e Paris apresentaram nesta terça-feira suas candidaturas para os Jogos Olímpicos de 2024 às federações esportivas internacionais, em meio a dúvidas sobre o processo exato de escolha.

As duas cidades irão fazer campanha até a votação do Comitê Olímpico Internacional (COI) em setembro, mas o COI agora parece inclinado a decidir as sedes das Olimpíadas de 2024 e 2028 simultaneamente.

Los Angeles, que já recebeu duas edições dos Jogos Olímpicos, a última delas em 1984, exaltou seu plano sem riscos com arenas permanentes já prontas e um projeto de realizar uma Olimpíada financiada totalmente pela iniciativa privada, sem envolvimento ou financiamento do governo.

"Não precisamos construir uma única arena permanente nova. Isso é muito importante porque significa um orçamento 'sem risco, sem surpresas'", disse o prefeito de Los Angeles, Eric Garcetti, em um encontro das federações esportivas internacionais.

Segundo ele, se Los Angeles for escolhida a sede dos Jogos, colocará "o poder de nosso mercado esportivo de 250 bilhões de dólares à disposição para os seus esportes".

Os responsáveis pela candidatura de Paris destacaram o plano compacto da cidade, ao mesmo tempo em que apontaram para o fato de ser uma candidatura europeia. Roma, Budapeste e Hamburgo desistiram da candidatura, assustadas pelos custos locais ou por oposição da população aos Jogos.

"Por que Paris agora?", disse a prefeita de Paris, Anne Hidalgo. "Nós acreditamos no esporte. Acreditamos que os Jogos são muito mais do que apenas entretenimento. Acreditamos que o esporte pode mudar o mundo. Paris é uma cidade global... feita para compartilhar".

Paris, que também já sediou duas Olimpíadas, foi sede pela última vez em 1924.

Mas apesar de as duas cidades fazerem campanha para 2024, elas podem acabar com os Jogos de 2028.

O COI criou um grupo de trabalho para analisar a possibilidade de decidir as sedes das Olimpíadas de 2024 e 2028 ao mesmo tempo em setembro, e o grupo deve apresentar seu relatório em julho.

Quatro das seis cidades que participaram do processo em algum momento desistiram no meio da disputa, e o COI está em busca de mudar o formato de eleição das sedes para "deixar de criar tantos derrotados".