Los Angeles 2024 é acusada de comprar seguidores em rede social

Os responsáveis pela candidatura de Los Angeles para sediar as Olimpíadas de 2024 se defenderam das acusações de que teriam comprado falsos seguidores no Facebook. Segundo eles, a polêmica pode ter sido criada por franceses, que competem para trazer os Jogos Olímpicos a Paris.

Nicolas Vanderbiest, pesquisador da Universidade Católica de Louvain, na Bélgica, e autor do blog ReputatioLab foi quem publicou a notícia de que Los Angeles poderia ter comprado falsos seguidores na rede social, fato que acabou sendo divulgado pela rádio francesa RTL.

A rádio destaca o crescimento alarmante de seguidores no perfil da candidatura de Los Angeles no Facebook. Em janeiro havia em torno de 200 mil seguidores, agora já são mais de um milhão. Países como Bangladesh e Paquistão são alguns dos que costumam oferecer esse tipo de serviço virtual.

Buscando justificar o aumento de seguidores, a candidatura de Los Angeles citou a nova medida do Comitê Olímpico Internacional. “O lançamento da campanha internacional no Facebook permitida pelo COI a partir de 3 de fevereiro coincide com o aumento do número destes seguidores”, se manifestou nesta quarta-feira o comitê de LA-2024. “Não é surpresa que esta história tenha vindo de Paris”, completou.

Polarizando cada vez mais a disputa para sediar os Jogos Olímpicos de 2024, Paris e Los Angeles descobrirão qual cidade-sede será escolhida no próximo dia 13 de setembro, em cerimônia realizada em Lima, no Peru.