Kenny Dalglish será homenageado dando nome a arquibancada no Anfield Road

Londres, 4 mai (EFE).- O ídolo Kenny Dalglish terá uma arquibancada com seu nome no estádio Anfield Road, em reconhecimento a sua contribuição ao Liverpool, primeiro como jogador e depois como técnico, segundo informações divulgadas pelo clube inglês nesta quinta-feira.

A Centenary Stand, uma das tribunas mais emblemáticas da casa dos 'Reds', passará a ser denominada Kenny Dalglish Stand, em honra ao escocês, que como atleta marcou 172 gols em 515 partidas e conquistou oito títulos do Campeonato Inglês, três da Copa da Europa (atual Liga dos Campeões), um da Supercopa da Uefa, dois da Copa da Inglaterra e cinco da Copa da Liga Inglesa.

"Seu nome é sinônimo do nosso clube, nossa casa e a cidade de Liverpool. Agora será visível, para além de palpável", afirmou o americano John W. Henry, um dos proprietários do clube.

"É alguém único, não somente para a Liverpool, mas também para o futebol na Inglaterra. Obteve grande sucesso como jogador e como treinador. Seu histórico fala por si só. No entanto, a contribuição de Kenny vai além dos gols marcados, os pontos conquistados e os títulos em nossas vitrines. Seus valores são os valores do Liverpool, e ele representa tudo de bom deste clube de futebol", acrescentou o proprietário.

O Liverpool ainda não informou em que data acontecerá a troca do nome, mas deve ocorrer no fim deste ano. "Agora que nos aproximamos do 125º aniversário do clube, acreditamos que é o momento indicado em nossa grande história para deixar este legado. Ele e sua família devem saber que a honra é nossa: seu nome significa muito para muita gente, e ter uma arquibancada chamada assim enriquecerá ainda mais aquela que já é uma catedral esportiva de muito prestígio", declarou o presidente dos 'Reds', Tom Werner.

"Serviu ao clube e à cidade durante décadas, sempre colocando o coletivo à frente do individual. Este anúncio reconhece que seu nome engloba os valores que todos queremos honrar e representa o quão orgulhosos estamos de nos identificarmos com o Liverpool Football Club", completou. EFE