Punição a Márquez coloca Viñales na pole position do GP das Américas

EFE

(Atualiza com punição a Marc Márquez).

Austin (Estados Unidos), 21 abr (EFE).- O espanhol Marc Márquez, da Honda, cravou neste sábado na pista aquela que seria a sexta pole em seis participações no Grande Prêmio das Américas de MotoGP, mas acabou punido pela direção de prova e, com isso, verá o compatriota Maverick Viñales, da Yamaha, na ponta.

Após se envolver em diversas polêmicas no GP da Argentina, na semana passada, o atual campeão da categoria cravou tempo de 2min03s658, o que representaria repetir resultado das seis vezes em que participou da prova nos Estados Unidos, na principal categoria de motovelocidade do mundo.

Ainda durante a sessão, Márquez não escapou de queda, já na reta final da sessão, quando liderava. Depois de voltar para os boxes, o espanhol conseguiu melhorar a marcar e assegurar a pole position. Na última tentativa, no entanto, a direção entendeu que o piloto da Honda rodou lento demais na pista, atrapalhando Viñales.

Segundo colocado no treino de classificação o espanhol da Yamaha, fez o tempo de 2min04s064 e sairá na ponta do grid pela primeira vez na temporada. Com a punição a Márquez, o italiano Andrea Iannone, da Suzuki, com o tempo de 2min04s209, virá logo atrás, enquanto o francês Johann Zarco, da Tech 3 Yamaha, fechará a primeira fila.

Márquez largará em quarto, seguido pelo italiano Valentino Rossi, da Yamaha. Em sexto, terminou o espanhol Jorge Lorenzo, da Ducati, enquanto o britânico Cal Crutchlow, da LCR Honda, líder da temporada, ficou em sétimo, logo a frente do italiano Andrea Dovizioso, da Ducati, vice-líder.

O ítalo-brasileiro Franco Morbidelli, da Marc VDS Honda, conseguiu apenas o 17º lugar, pior posição de largada na temporada, ao marcar o tempo de 2min05s943.

Na última das sessões do dia, da Moto2, o espanhol Álex Márquez, irmão mais novo de Marc Márquez e piloto da Marc VDS Kalex, ficou com a primeira colocação, ao cravar 2min10s588. Na segunda posição ficou o britânico Sam Lowes, da Interwetten KTM, com 2min10s744.

Primeiro colocado na tabela da competição, o italiano Mattia Pasini, da Italtrans Kalex, fechou a atividade no terceiro posto.

Na Moto3, o espanhol Jorge Martín, da Gresini Honda, segundo colocado na tabela de classificação, conseguiu garantir a pole position nos instantes finais da sessão, ao rodar em 2min18s629, quase meio segundo mais rápido que o compatriota Arón Canet, da Estrella Galicia 0,0 Honda, líder do campeonato. EFE


Leia também