Lokomotiv Moscou coloca seus jogadores em quarentena por precaução

AFP
O time do Lokomotiv Moscou antes de enfrentar o Atletico de Madrid na Liga dos Campeões no estádio Wanda Metropolitano, no dia 11 de dezembro de 2019
O time do Lokomotiv Moscou antes de enfrentar o Atletico de Madrid na Liga dos Campeões no estádio Wanda Metropolitano, no dia 11 de dezembro de 2019

O Lokomotiv Moscou anunciou nesta quarta-feira que colocou em quarentena seus jogadores e membros da comissão técnica no centro de treinamento do clube, uma decisão tomada devido ao aumento dos casos de COVID-19 no futebol russo.

"A equipe tomou essa decisão devido ao aumento de casos de coronavírus na primeira divisão russa", anunciou o atual segundo colocado em um comunicado.

Até nova ordem, todos os profissionais do Lokomotiv vão permanecer em Bakovka, o centro de treinamento do clube no sudoeste da capital russa.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

"Lutamos pelos primeiros lugares e pela Liga dos Campeões. Não podemos correr riscos", disse Guilherme, goleiro e capitão da equipe, que é brasileiro naturalizado russo, citado no comunicado.

O campeonato de futebol russo foi retomado em 19 de junho após a paralisação devido à pandemia de coronavírus. Todo o elenco do Rostov foi colocado em quarentena depois que seis jogadores testaram positivo, forçando o clube a enviar seus juvenis para jogar em Sochi.

Três jogadores do Dínamo Moscou também testaram positivo e a partida contra o Krasnodar foi adiada.

Em maio, cinco positivos foram detectados no Lokomotiv, um deles era do peruano Jefferson Farfán.

O Lokomotiv é o segundo colocado e está a nove pontos do líder Zenit de São Petersburgo.

Leia também