Loco Abreu dá dica para reconstrução do Botafogo: 'Tirar todo mundo que faz mal'

LANCE!
·1 minuto de leitura


Loco Abreu está de volta ao Brasil. Novo jogador do Athletic-MG, o uruguaio não consegue deixar passar as raízes que criou com o Botafogo, clube que defendeu entre 2010 e 2012. O atacante lamentou o terceiro rebaixamento da história do Alvinegro e afirmou que o único caminho é uma reformulação, que deve passar por dentro e fora de campo.

- Ver o Botafogo desse jeito não é o Botafogo que a gente conhece, nem que a história do Botafogo manda. Espero que possa rapidamente fazer uma reconstrução, mas uma reconstrução séria, como tem que ser feita, tirar todo mundo que faz mal e colocar pessoas que fazem bem. Pessoas que aparecem com a camisa do Botafogo, e as pessoas que não aparecem com a camisa do Botafogo que estão fora e também estão fazendo mal. Chegou a hora de enfrentar a realidade, porque se continuar desse jeito vai ser pior ainda. Torço muito por essa reconstrução, e que ela seja real - afirmou, em entrevista ao "Tá na Área".

O atacante, que chegou a ser treinador de uma equipe no Uruguai, também deu dicas de como deve ser montada a equipe visando a disputa da próxima Série B e, consequentemente, com objetivo de retornar à primeira divisão.

- É montar um time com jogadores jovens, com fome, sabendo o que é vestir a camisa do Botafogo. E trazer jogadores experientes, positivos, que ajudem essa garotada e que sejam a coluna vertebral do elenco para poder entrar entre os quatro para voltar à Série A - analisou.