Liverpool reluta ao ver Salah já convocado para a seleção egípcia nas Olimpíadas de Tóquio

Rodrigo Salomao
·2 minuto de leitura

Discussão à vista? O técnico do Egito Sub-23, Shawky Gharib, incluiu Mo Salah, do Liverpool, em sua equipe para os Jogos Olímpicos este ano, em Tóquio. Gharib há muito deseja incluir o craque como um de seus três jogadores com mais de 23 anos para o torneio. O problema é que a competição acontecerá durante a pré-temporada dos Reds e pode até se sobrepor ao início da nova temporada da Premier League.

Gharib pediu várias vezes a Salah para se juntar ao time | Eurasia Sport Images/Getty Images
Gharib pediu várias vezes a Salah para se juntar ao time | Eurasia Sport Images/Getty Images

Nesse panorama, o Liverpool está relutante em deixar Salah ir. Tal relutância, no entanto, não inibiu Gharib, que disse à OnTime Sports TV (via Liverpool Echo), que já decidiu incluir o jogador de 28 anos em sua equipe.

"O único jogador acima dos 23 escolhido é Mohamed Salah, um dos três melhores jogadores do mundo", disse Gharib. "As opções restantes dependerão das necessidades do time. Vamos esperar até o sorteio do torneio para ver quem vai se juntar a times como França, Argentina e Alemanha", comentou o treinador.

Embora a ideia de perder Salah em um ponto tão importante na temporada pode ser um pouco assustadora para o clube de Anfield, não há realmente muito com que se preocupar. A FIFA não reconhece as Olimpíadas como um torneio oficial. Em vez disso, coloca numa gaveta como um "evento sub-23" e, por isso, os clubes não são obrigados a liberar seus jogadores.

Klopp e Salah podem se ver em uma posição delicada dentro de alguns meses em virtude das Olimpíadas. | Marc Atkins/Getty Images
Klopp e Salah podem se ver em uma posição delicada dentro de alguns meses em virtude das Olimpíadas. | Marc Atkins/Getty Images

Se o Liverpool não quiser liberar Salah para o torneio, eles não precisam. É simples assim. A decisão final caberá a eles, e Gharib obviamente sabe disso, mas parece que o técnico do Egito ainda não está preparado para recuar. Pelo contrário, conta também com a expectativa de ter Salah como um aliado para convencê-los a participar. Se isso vai acontecer, o tempo é quem vai dizer.