Liverpool nunca foi campeão mundial, mas Klopp não sente a pressão em 2019

Após uma derrota para os londrinos, o treinador alemão não gostou de ver seus torcedores deixando tão cedo o estádio. Hoje eles acreditam até o fim
Após uma derrota para os londrinos, o treinador alemão não gostou de ver seus torcedores deixando tão cedo o estádio. Hoje eles acreditam até o fim

Jurgen Klopp não está muito preocupado com uma oportunidade histórica para o Liverpool na Copa do Mundo de Clubes, com o alemão alegando que ele não precisa ser "o primeiro na lua".

Os Reds estão se preparando para a cabeça para o Qatar e um tiro de reivindicar um prêmio global.

Como vencedores da Liga dos Campeões em 2019, os homens de Anfield já conquistaram a Supertaça Europeia nesta temporada.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

O sucesso da Copa do Mundo de Clubes completaria a coleção, com a equipe de Merseyside nunca tendo garantido a prata antes.

Klopp tem a chance de acrescentar outra entrada aos livros de registro, mas insiste que ele não dará mais importância ao lance para o próximo troféu do que qualquer outro.

“Oh, eu não penso sobre isso”, disse ele ao site oficial da FIFA.

"Não sou alguém que tenha que ser o primeiro na lua ou o primeiro a vencer o Mundial com o Liverpool, mas quando estivermos lá, tentaremos com tudo o que temos. A parte muito interessante e difícil também é que jogaremos contra times de outros continentes, o que não acontece com muita frequência - talvez um time mexicano, talvez um time brasileiro - e será difícil, com certeza. Vamos nos preparar como normalmente, e veremos se está certo ou errado contra a equipe de outro continente. Ainda não temos muitas informações, mas com certeza já teremos, e será interessante e difícil também".

O Liverpool deve entrar em semifinal em 18 de dezembro, com a decisão de escolher um elenco completamente diferente nas quartas de final da Carabao Cup, que ocorrerá 24 horas antes.

Os Reds chegaram à final da Copa do Mundo de Clubes na última vez que disputaram a competição, mas a equipe de Rafa Benitez caiu para uma derrota por 1 x 0 contra São Paulo em uma exibição de Yokohama.

Klopp insiste que o resultado do choque não terá influência do lado dele, com a classe 2019-20 do clube não sendo do tipo que se complacente.

Ele acrescentou: "Não precisamos do que aconteceu há 14 anos. É claro para os times europeus - o Real Madrid participou três ou quatro vezes nos últimos anos, e que time eles têm, e venceu. Mas não somos o Real Madrid, viemos de uma situação diferente. Não assumimos isso como garantido, de maneira alguma, mas quando vamos, queremos vencê-lo. A única razão para irmos lá é a oportunidade de vencer, e é isso que vamos tentar".

Leia também