Liverpool bate o Napoli no final, mas fica em segundo no grupo na Liga dos Campeões

Os atacantes do Liverpool, Mohammed Salah e Darwin Núñez, comemoram gol contra o Napoli na Liga dos Campeões

Por Peter Hall

LIVERPOOL, INGLATERRA (Reuters) - Gols de Mohamed Salah e Darwin Nunez no final da partida deram ao Liverpool uma vitória por 2 x 0 sobre o Napoli na terça-feira, mas não foi o suficiente para que a equipe inglesa conquistasse o primeiro lugar no Grupo A da Liga dos Campeões, que ficou com os italianos.

Ambas as equipes já haviam garantido uma vaga na fase eliminatória, mas o primeiro lugar no grupo e um adversário potencialmente mais favorável nas oitavas de final ainda estavam em disputa, com o Liverpool precisando vencer o Napoli por quatro gols ou mais para chegar ao topo.

O primeiro tempo parecia um encontro em que a principal prioridade de ambas as equipes havia sido cumprida, mas o jogo ganhou vida no início do segundo, quando Leo Ostigard pensou ter colocado o Napoli na frente, apenas para ter seu gol de cabeça anulado após uma verificação do VAR .

Sem nada a perder e o primeiro lugar fora de alcance, o Liverpool pelo menos conseguiu garantir a vitória na noite, com Salah marcando com um chute cruzado a cinco minutos do final, antes de Nunez marcar um segundo nos acréscimos.

A goleada do Napoli por 4 a 1 sobre o Liverpool na estreia do grupo em setembro foi crucial no final, já que a equipe italiana terminou com 15 pontos, mesma pontuação do Liverpool, mas com uma diferença de gols melhor nos confrontos entre os dois.

O Bayern de Munique completou uma fase de grupos perfeita, batendo a Inter de Milão por 2 x 0 com gols de Benjamin Pavard e Eric Maxim Choupo Moting no último jogo do grupo C.

Pelo grupo D, o Tottenham Hotspur conseguiu uma improvável classificação em primeiro lugar, batendo o Olympique de Marseille por 2 x 1 no apagar das luzes. O time de Londres termina a primeira fase com 11 pontos, à frente do Eintracht Frankfurt, com 10.

(Reportagem de Peter Hall)