Lionel Messi tem conversas avançadas para ficar no Barcelona, mas negócio ainda não foi fechado – veja os termos

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O presidente do Barcelona, Joan Laporta, afirmou, em entrevista na última terça-feira (1º), que os tramites pela renovação de Lionel Messi estão indo bem. Segundo informações do Jornal Sport, da Espanha, o Barça entrou em acordo com o camisa 10 quanto ao tempo de contrato – incluindo o período de jogador e os tempos como embaixador –, valores e outras questões, como o que vai acontecer quando ele se aposentar após experiência no Inter Miami.

Conforme o site, Laporta gostaria que o acordo com Messi tivesse sido fechado antes do meia-atacante se juntar à Argentina para a Copa América, mas isso não foi possível – mesmo com boa vontade de todos os lados. O amigo de Sergio Agüero se reuniu aos companheiros de seleção na semana passada.

Messi tem o caminho bem definido para defender o Barcelona. | David Ramos/Getty Images
Messi tem o caminho bem definido para defender o Barcelona. | David Ramos/Getty Images

As negociações relacionadas ao futuro de Messi envolvem, além de Joan Laporta e do próprio camisa 10, Rafael Yuste, vice-presidente de esportes do clube, e Jorge Messi, pai e empresário do atleta. Em conversas, o mandatário e o meia conversam especialmente sobre o projeto esportivo do Barcelona para os próximos anos. Leo quer um plano competitivo e capaz de brigar por tudo.

Outros assuntos mais ‘delicados’, como dinheiro, são abordados por Jorge e Yuste. E todas as frentes têm caminhado bem.

Tempo de contrato e lado financeiro

O Barcelona e Lionel Messi já acertaram a estrutura do novo contrato, o qual consiste numarelação de dez temporadas – a valer do próximo calendário (2021/22). O acordo seria o seguinte: o camisa 10 seguira vestindo a camisa do clube nas próximas duas temporadas, ou seja, até o final de 2022/23.

A partir daí, o meia-atacante de 33 anos iria para a MLS, onde ficaria por duas temporadas. Após esse período, ele voltaria ao Camp Nou, onde trabalharia como uma espécie de embaixador global da equipe grená – essa é uma das questões que ainda precisam ser melhor trabalhadas.

Para além do tempo contratual, Messi também se acertou com o Barça em valores. Como jogador, o camisa 10 embolsaria 240 milhões de euros brutos ao longo de quatro temporadas – incluindo as duas na MLS. O montante é bem inferior ao que o craque recebe hoje por ano, o que não tem sido encarado como um grande problema.

Outro ponto a ser melhor trabalhado é quanto ao salário que Messi receberia do Barça após retornar dos Estados Unidos. Por ora, os envolvidos concordam no modelo: um valor fixo mais variáveis. Porém, Laporta deseja que esse fixo seja praticamente simbólico e que o meia ganhe com variáveis. O Leo, por sua vez, quer aumentar o valor padrão. Assim, as conversas seguem abertas.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.