Lionel Messi, o terror do Santiago Bernabéu

Argentino já marcou 21 gols no Real Madrid, sendo 12 deles no estádio do rival

A vitória do Barcelona sobre o Real Madrid é fundamental para a equipe seguir sonhando com o título da La Liga, enquanto todos estão cientes que o clube já sofreu muito no Santiago Bernabéu. Não só falando históricamente, como também nas suas últimas visitas ao estádio. Logo, quando a equipe deixa o local com um sorriso no rosto, os sentimentos são únicos e irrepetíveis. Ganhar de 6 a 2 ou de 4 a 3 com Tata Martino no banco de reservas, são experiências inesquecíveis. E todos eles tem um ponto em comum: a presença de Lionel Messi.

O camisa 10 é a causa de muita dor de cabeça dos donos da casa, a pedra no sapato que tem incomodado o adversário durante a última década. O principal responsável pela hegemonia blaugrana dos últimos anos. Messi tem sido protagonista nas últimas exibições no território merengue, com capítulos que formam parte da história mais brilhante do clube em confrontos contra o Real Madrid. Seus números assustam porque o argentino já marcou 21 gols e 13 assistências em 33 jogos contra o rival. Sendo que mais da metade (12), foram alcançandos no Bernabéu.

Com um jogo a mais que o Real, e somando três pontos a menos na tabela, a vitória do Barcelona neste domingo (23) é fundamental para seguir sonhando com o título da La Liga. E a equipe precisa que Messi volte a aterrorizar o Bernabéu. A última chamada para o troféu.

VEJA TAMBÉM: