Liga dos Campeões em Lisboa: o que fez Portugal para ser o palco da 'final a 8'

Goal.com

A forma como Portugal tem combatido a pandemia do novo coronavírus foi determinante para Lisboa ser escolhida para receber a 'final a 8' da atual edição da Liga dos Campeões. A decisão foi tomada no início da manhã desta quarta-feira, durante uma reunião do Comitê Executivo da Uefa, e foi anunciada poucas horas depois.

Com a desistência de Istambul (Turquia), a capital portuguesa ganhou a disputa com Frankfurt (Alemanha) e Moscou (Rússia) para abrigar sete jogos, entre 12 e 23 de agosto (quatro das quartas, dois das semis e um da final). O Estádio da Luz, do Benfica, e o Estádio de Alvalade, do Sporting, serão os palcos das partidas, todas com portões fechados - existe a possibilidade de a decisão ter público, mas, a princípio, vai depender de novas atualizações.

Neste momento, Atalanta, PSG, Atlético de Madrid e RB Leipzig já estão garantidos na reta final da maior competição europeia. Bayern de Munique x Chelsea, Juventus x Lyon, Manchester City x Real Madrid e Barcelona x Napoli ainda duelam pelas quatro vagas restantes.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Para levar a melhor na briga, Lisboa, que, vale lembrar, sediou a final da Liga dos Campeões 2013/14 (Real Madrid campeão), correu desde o início de junho para reservar hotéis e vistoriar alguns centros de treinamento, como, por exemplo, a Cidade do Futebol, onde treina a seleção portuguesa.

Juntas, a DGS (Direção Geral da Saúde de Portugal) e a FPF (Federação Portuguesa de Futebol), sabe a Goal, foram decisivas na vitoriosa candidatura de Lisboa. Nos bastidores, as duas entidades se aproximaram rapidamente dos principais membros da Uefa Club Competitions, empresa criada para administrar as questões comercial do torneio, e usaram como trunfo as estatísticas do país durante a pandemia mundial do novo coronavírus.

"A Direção Geral da Saúde e a Federação Portuguesa de Futebol têm feito um trabalho profícuo, seja na retomada da liga nacional, com os jogos realizados com o máximo de segurança possível, seja na evolução dos acontecimentos [da pandemia]. Há confiança dos órgãos internacionais em nós», destacou Lacerda Sales, secretário de Estado da Saúde.

Portugal, que chegou a fechar quase que prontamente as fronteiras terrestres, reduziu drasticamente o número de voos do exterior e, acima de tudo, decretou por duas vezes o Estado de Emergência, obrigando assim o isolamento social, tem hoje um total de 1523 mortes causadas pela COVID-19. O número atualizado de pessoas que foram infectadas é de 37672, sendo que 23580 conseguiram a recuperação.

Datas:
7 e 8 de agosto: Jogos que restam das oitavas (locais a definir)
12 a 15 de agosto: Quartas (Lisboa)
18 e 19 de agosto: Semi (Lisboa)
23 de agosto: Final (Lisboa)

Novas regras:
- Inclusão de três novos jogadores na lista de inscrição (máximo de 25 nomes);
- Permissão de cinco substituições por jogo;

Leia também