Liga dos Campeões: Bayern e Barça fazem semifinal com cara de decisão antecipada

AFP
O volante Franck Ribery, em um treino do Bayern de Munique
O volante Franck Ribery, em um treino do Bayern de Munique

O Bayern de Munique e o Barcelona, considerados pela maioria dos especialistas os dois grandes favoritos ao título da Liga dos Campeões, irão se enfrentar nesta terça-feira, na Alemanha, pela partida de ida das semifinais, em um choque com sabor de final antecipada.

Ambos já levantaram a 'taça orelhuda' quatro vezes e se 'revezaram' para marcar presença nas últimas quatro decisões. Então comandado pelo técnico Josep Guardiola, que por ironia do destino assumirá o comando do Bayern na próxima temporada, o Barça foi o campeão em 2009 e 2011, superando o Manchester United em ambas as ocasiões.

Já o time bávaro amargou dois vice-campeonatos, perdendo para a Inter de Milão em 2010 e para o Chelsea nos pênaltis, no ano passado, na final disputada justamente na Allianz-Arena de Munique, palco do duelo desta terça-feira.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

O Bayern mostrou que está recuperado do trauma da derrota 'em casa' para o time londrino e está fazendo uma temporada espetacular, com a possibilidade de conquistar a inédita tríplice coroa.

Com o 23º título da sua história na Bundesliga já garantido com seis rodadas de antecedência, resta conquistar a Copa da Alemanha (disputará a final contra o Stuttgart no dia 2 junho) e, principalmente, a Liga dos Campeões, competição que não vence desde 2001.

A tarefa não será nada fácil, já que, antes de pensar na final, precisa primeiro eliminar ninguém menos que o poderoso Barcelona, considerado por muitos o melhor time do planeta nos últimos anos, que também domina seu campeonato nacional de forma arrasadora.

O time catalão deve poder contar com o retorno do craque argentino Lionel Messi, que perdeu as últimas três rodadas do Campeonato Espanhol devido a uma lesão muscular sofrida na partida de ida da 'Champions' diante do Paris Saint-Germain. Ele acabou jogando 'no sacrifício' há duas semanas, saindo do banco no segundo duelo com os parisienses e iniciando a jogada do gol que deu a classificação à sua equipe.

"Messi está em condições de jogar, mas ainda não foi oficialmente liberado pelo departamento médico. Vamos decidir se ele poderá entrar em campo, mas como ele viajou conosco, significa que tem boas chances de jogar", informou o diretor de futebol do Barça, o ex-goleiro Andoni Zubizarreta, pouco antes do time embarcar para a Alemanha.

"Tenho certeza de que veremos o melhor Messi contra o Bayern. Contar com o melhor jogador do mundo é fundamental, faz a diferença e traz mais motivação para toda a equipe", avisou o meia Xavi, 'cérebro' do time.

Embora ainda faça algum mistério sobre a escalação do argentino, o Barça está mais preocupado com o setor defensivo. O técnico Tito Vilanova não poderá contar com os zagueiros Javier Mascherano e Carles Puyol, ambos lesionados, nem com o lateral brasileiro Adriano, suspenso.

No último sábado, o francês Eric Abidal foi titular pela primeira vez desde que foi submetido a um transplante de fígado, há pouco mais de um ano, e jogou os 90 minutos da partida, ajudando o Barça a vencer o Levante por 1 a 0. No entanto, a opção mais provável na zaga será o jovem Marc Bartra, de 22 anos, promessa das categorias de base, que substituiu Adriano no jogo de volta contra o PSG e foi titular em alguns jogos pelo Campeonato Espanhol.

Já o Bayern terá praticamente a sua força máxima. Mesmo entrando em campo repleto de reservas para 'treino de luxo' que disputou contra o Hannover no último sábado, o time comandado pelo técnico Jupp Heynckes aplicou uma goleada impiedosa de 6 a 1 no adversário.

O atacante alemão Mario Gomez balançou as redes, mostrando que pode ser um substituto à altura do seu 'xará', o croata Mario Mandzukic, artilheiro da Bundesliga, que está suspenso para o duelo de terça.

"Queríamos uma boa preparação para o jogo do Barça e deu tudo certo. Jogamos bem, principalmente no primeiro tempo, e tivemos uma atuação convincente", comemorou o goleiro Manuel Neuer depois de jogo sábado.

Confiante no seu trabalho à frente da equipe, Heynckes chegou até a se irritar quando jornalistas perguntaram se ele pretendia pedir conselhos ao sucessor Guardiola para o confronto contra seu ex-clube, com o qual o espanhol conquistou 14 títulos em quatro temporadas.

A outra semifinal, prevista para esta quarta-feira, também terá um duelo entre clubes da Espanha e da Alemanha, com o Real Madrid visitando o Borussia Dortmund no Signal Iduna Park.

--Possíveis escalações:

Bayern de Munique: Neuer - Lahm, Van Buyten, Dante, Alaba - Martinez, Schweinsteiger - Robben, Müller, Ribéry - Gomez (ou Pizarro).

T: Jupp Heynckes

Barcelona: Valdes - Daniel Alves, Piqué, Bartra, Alba - Xavi, Busquets, Iniesta - Pedro, Messi, Villa (ou Fabregas).

T: Tito Vilanova

Leia também