Liderança, jejum, futuro dos técnicos: o que está em jogo em São Paulo x Internacional

Fabio Utz
·2 minuto de leitura

Quando o Campeonato Brasileiro começou, até por conta da existência de rivais mais poderosos em termos financeiros e, por consequência, em relação a elencos, era difícil apontar que São Paulo e Internacional chegariam à 31ª rodada brigando pela liderança. Ou melhor, que um confronto direto entre eles iria definir quem ficaria na primeira colocação. Este é apenas um aperitivo para o duelo das 21h30min, no Morumbi. No entanto, há muito mais em jogo. Confere aí!

O FUTURO DOS TÉCNICOS

Se Fernando Diniz vinha prestigiado no São Paulo por conta da campanha tranquila e sem percalços no Brasileirão, a queda de rendimento nas últimas rodadas e a postura do treinador, por exemplo, em relação a Tchê Tchê, abalaram um pouco as estruturas. Uma eventual perda do Brasileirão pode, sim, fazer com que o Tricolor repense o futuro do profissional para 2021.

Lucas Uebel/Getty Images
Lucas Uebel/Getty Images

No que se refere a Abel Braga, o cenário é exatamente o oposto. Com seu time vindo de seis vitórias consecutivas, já se pergunta o que fazer com o técnico caso o Inter venha a ser campeão. Afinal, já há um acerto verbal com Miguel Ángel Ramírez. Como tirar Abelão do cargo se a equipe der a volta olímpica? Difícil...

CAMPANHAS MUITO PARECIDAS

Buda Mendes/Getty Images
Buda Mendes/Getty Images

Ao contrário dos demais clubes que ainda brigam pelo título do Brasileirão (Atlético-MG, Flamengo, Palmeiras e Grêmio), São Paulo e Internacional não possuem jogos atrasados. Por isso, é possível fazer uma comparação entre as campanhas dos dois times, e logo se vê que são muito parecidas. Em 30 partidas, o Tricolor conquistou 57 pontos, e o Colorado, 56. Ambos acumulam 16 vitórias. No quesito gols marcados, o São Paulo tem 50, e o Inter, 48. Os dois foram vazados em 28 oportunidades. Em resumo: é muito equilíbrio, e um triunfo, no confronto direto, seja para qualquer um dos lados, pode desequilibrar a balança para a reta final da competição.

O FIM DE JEJUNS

Pedro Vilela/Getty Images
Pedro Vilela/Getty Images

São Paulo e Internacional correm atrás de um mesmo objetivo: colocar ponto final a um longo jejum. O time gaúcho não vence o Brasileirão desde 1979, enquanto os paulistas não conquistam um título sequer desde 2012. Chegou a hora de um deles respirar aliviado?

QUAL O CENÁRIO PARA A PARTIDA?

Miguel Schincariol/Getty Images
Miguel Schincariol/Getty Images

O São Paulo, se vencer, chega aos 60 pontos. Assim, seguirá na primeira colocação e continuará dependendo apenas de si para ganhar o Campeonato Brasileiro. Já o Internacional, caso ganhe o confronto, alcança 59 pontos. Porém, mesmo ultrapassando o rival paulista, precisará de um tropeço do Atlético-MG (terceiro, com 53 pontos) para não precisar olhar para a campanha do adversário e necessitar apenas de seus resultados para tirar da garganta o grito de campeão. Empate, a princípio, não é bom para ninguém.