Lidar com emoções e com entorno dos jogadores do PSG não é fácil, diz Pochettino

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Mauricio Pochettino comanda treinamento do Paris St Germain no centro de treinamento do clube
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

(Reuters) - O técnico do Paris St Germain, Mauricio Pochettino, disse que treinar o time da liga francesa com "os melhores jogadores do mundo" não é fácil, já que tem que administrar suas emoções e as pessoas no entorno dos jogadores.

O PSG contratou Pochettino no começo do ano com a esperança de que o argentino levasse o clube à conquista de um título da Liga dos Campeões.

O PSG tem uma abundância de talentos no ataque, onde Lionel Messi soma forças com Neymar e Kylian Mbappé, e Ángel Di Maria, Mauro Icardi e Julian Draxler também são opções, o que deixa Pochettino com dores de cabeça para escalar o time todas as semanas.

"Lidamos com pessoas com emoções, o comportamento de ninguém é uma linha plana. É uma sucessão de altos e baixos, um está feliz, outro está machucado, um está atuando bem, outro não", contou o treinador à revista L'Équipe.

"Acho que o mais importante para a equipe é tentar equilibrar os humores."

"Não podemos esquecer que temos em mãos os melhores jogadores do mundo, mas também suas famílias, seus assessores de mídia, seus seguidores. Não é fácil."

O PSG, que lidera o Campeonato Francês com 10 pontos de vantagem e enfrenta o Nantes em casa no sábado, não conseguiu defender o título da liga na temporada passada e foi eliminado na semifinal da Liga dos Campeões.

(Por Rohith Nair em Bengaluru)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos