Licitação do Maracanã expõe tensão entre Vasco e Governo do Rio

Flamengo e Fluminense administram o Maracanã provisoriamente até a realização da licitação (Divulgação)


Depois das críticas externadas pelo Governador do Rio de Janeiro, o Vasco e a 777 Partners, empresa que é dona de 70% da SAF vascaína se pronunciaram. O CEO Luiz Mello se mostrou surpreendido com as declarações de Cláudio Castro e rebateu a autoridade.

+ Confira a movimentação do Vasco no Mercado da Bola

- Fomos surpreendidos com as infelizes declarações do Governador com a respeito da licitação do Maracanã. Mas um ponto foi importante, ele disse que o Maracanã vai ser administrado por clubes de futebol. O Vasco é um clube de futebol. O Vasco é o primeiro time a ganhar título no Maracanã. O Vasco ganhou muitos títulos e a sua torcida entende que o Maracanã também é a sua casa. Por essa razão, a gente fica feliz de cumprir com esse requisito - disse Luiz Mello. E completou:

- Quero tranquilizar a torcida vascaína para que saiba que faremos tudo que estiver ao nosso alcance para que quando as regras forem publicadas, o Vasco consiga entregar a melhor proposta possível, o melhor produto possível para que a gente consiga administrar o Maracanã junto aos nossos parceiros.

A 777 Partners também se pronunciou. O Diretor Geral e Chefe de Esportes, Mídia e Entretenimento, Juan Arciniegas, lembrou que a empresa está investindo no Brasil porque é um país de oportunidades. Além disso, o diretor destacou que está confiante na proposta do Vasco em parceria com a WTorre e a Legends.

CONFIRA A DECLARAÇÃO DE JUAN ARCINIEGAS

"A 777 Partners decidiu investir no Brasil porque acredita no país e nas suas incontáveis oportunidades. Levamos ao Governo o projeto "Maracanã para Todos", um consórcio formado por um gigante clube de futebol como o Vasco e as renomadas empresas Legends e WTorre, duas das maiores gestoras de arena no planeta.

Nosso compromisso é transformar este ícone global esportivo em uma das melhores arenas no mundo. Estamos confiantes de que nossa oferta é a melhor e que qualquer processo justo e objetivo chegará a esta mesma conclusão.

Reiteramos publicamente nosso pleito de que a licitação do Maracanã seja justa e transparente. E renovamos nossa promessa de tornar o estádio disponível para todos os clubes e seus torcedores. Estamos prontos para trabalhar com o governador e sua equipe neste processo, desde que seja sempre de forma respeitosa e profissional".