Flamengo 2 x 1 Atlético-PR: com início arrasador, Fla supera Furacão no Maracanã

O Flamengo venceu o Atlético-PR por 2 a 1, em duelo na noite desta quarta-feira (12), no Maracanã, em confronto que marcou o encontro entre brasileiros pela Copa Libertadores. O resultado deixa o clube carioca na liderança do grupo 4, com seis pontos em três jogos. Já os paranaenses estão em terceiro, com quatro.

O time da casa foi mais eficiente no embate ocorrido sob forte chuva no Rio de Janeiro. O Flamengo fez seus dois gols em 15 minutos do primeiro tempo e apenas administrou o restante da partida. O Atlético, por sua vez, não teve medo do clube carioca jogando fora e marcou presença no campo de ataque, trocando passes em velocidade e buscando jogadas.

O jogo

O Flamengo foi mais eficiente no primeiro tempo. O clube da casa aproveitou a força da torcida, que fazia grande e bela festa do Maracanã, e buscou o resultado. Considerando os cinco primeiros minutos parecia que o Atlético-PR levaria mais dificuldades para os donos da casa. A equipe visitante trocava passes e buscava se impor com a posse de bola.

No entanto, o Fla trabalhou para evitar qualquer problema. Logo aos 6 minutos, Trauco lançou Guerrero, que dominou na frente da área, tirou um zagueiro e finalizou. Weverton deu rebote e o atacante, de cabeça, abriu o placar.

O rubro-negro carioca cresceu na partida, mesmo com o resultado a seu favor. Minutos depois foi a vez de Diego receber dentro da área, em bola lançada pela direita, e colocar no canto superior do arqueiro, para comemorar o segundo gol flamenguista.

Ao longo da primeira etapa, o Flamengo seguiu como a melhor equipe. O Atlético buscava o jogo, mas não encontrava espaços, pois o time da casa se comportava bem e garantia a permanência do resultado.

A etapa complementar foi bem mais animadora. O Atlético-PR partiu para o ataque com mais força e, ainda assim, conseguia se defender com eficiência. O Fla também não deixou o jogo de lado por causa de sua vantagem no placar.

O clube visitante conseguiu seu gol aos 13 minutos, com Nikão. Coutinho fez jogada pela direita e encontrou o companheiro dentro da área - um pouquinho impedido - para diminuir a diferença.