Lewis Hamilton vence GP da Emilia-Romagna de F1

·3 minuto de leitura
Lewis Hamilton celebra a vitória no GP da Emilia-Romagna, no circuito de Ímola, Itália
Lewis Hamilton celebra a vitória no GP da Emilia-Romagna, no circuito de Ímola, Itália

O inglês Lewis Hamilton, da Mercedes, venceu neste domingo o Grand Prêmio de Fórmula 1 da Emilia-Romagna, no circuito de Ímola, na Itália, conquistando assim sua nona vitória em 13 provas disputadas nesta temporada e a de número 93 na carreira, ampliando seu recorde da categoria. 

O segundo lugar ficou com o finlandês Valtteri Bottas, companheiro de equipe de Hamilton e que largou na pole position, e em terceiro chegou o australiano Daniel Ricciardo, da Renault, favorecido pelo abandono nas últimas voltas do holandês Max Verstappen, da Red Bull, que teve um pneu furado quando estava logo atrás de Hamilton.

Com esta dobradinha no pódio em Ímola, a equipe Mercedes garantiu seu sétimo título consecutivo no Mundial de construtores, ultrapassando a marca de seis conquistas seguidas da Ferrari.

A equipe alemã tem 479 pontos no campeonato, e não há como a Red Bull, segunda com 226, alcançá-la faltando apenas quatro corridas para o fim da temporada.

Também com esta vitória na Itália, Hamilton fica bem perto de conquistar seu sétimo título na F1, pois soma 282 pontos na classificação, seguido por Bottas, com 197, e  Verstappen, com 162.

O russo Daniil Kvyat (Alpha Tauri), o monegasco Charles Leclerc (Ferrari), o mexicano Sergio Pérez (Racing Point), o espanhol Carlos Sainz (McLaren), o britânico Lando Norris (McLaren), o finlandês Kimmi Raikkonen (Alfa Romeo) e o italiano Antonio Giovinazzi (Alfa Romeo) completaram as 10 primeiras posições no GP italiano.

A próxima etapa da Fórmula, 14ª de 17 corridas previstas para este ano, é o GP da Turquia, em Istambul, no dia 15 de novembro, com largada marcada para as 7h10 (horário de Brasília).

- Resultado do GP de Emilia-Romagna:

1. Lewis Hamilton (ING/Mercedes) os 309,049 km en 1 h 28:32.430

2. Valtteri Bottas (FIN/Mercedes) a 5.783

3. Daniel Ricciardo (AUS/Renault) 14.320

4. Daniil Kvyat (RUS/AlphaTauri-Honda) 15.141

5. Charles Leclerc (MON/Ferrari) 19.111

6. Sergio Pérez (MEX/Racing Point-Mercedes) 19.652

7. Carlos Sainz Jr (ESP/McLaren-Renault) 20.230

8. Lando Norris (ING/McLaren-Renault) 21.131

9. Kimi Raikkonen (FIN/Alfa Romeo Racing-Ferrari) 22.224

10. Antonio Giovinazzi (ITA/Alfa Romeo Racing-Ferrari) 26.398

11. Nicholas Latifi (CAN/Williams-Mercedes) 27.135

12. Sebastian Vettel (ALE/Ferrari) 28.453

13. Lance Stroll (CAN/Racing Point-Mercedes) 29.163

14. Romain Grosjean (FRA/Haas-Ferrari) 32.935

15. Alexander Albon (TAI/Red Bull-Honda) 57.284

- Abandonos:

Pierre Gasly (FRA/AlphaTauri-Honda): problema mecânico 9ª volta

Estéban Ocon (FRA/Renault): problema mecânico 28ª volta

Max Verstappen (HOL/Red Bull-Honda): problema mecânico 48ª volta

Kevin Magnussen (DIN/Haas): problema mecânico 51ª volta

George Russell (INGWilliams): batida 52ª volta

- Classificação do Mundial de pilotos:

1. Lewis Hamilton (ING) 282 pontos

2. Valtteri Bottas (FIN) 197

3. Max Verstappen (HOL) 162

4. Daniel Ricciardo (AUS) 95

5. Charles Leclerc (MON) 85

6. Sergio Pérez (MEX) 82

7. Lando Norris (ING) 69

8. Carlos Sainz Jr (ESP) 65

9. Alexander Albon (TAI) 64

10. Pierre Gasly (FRA) 63

11. Lance Stroll (CAN) 57

12. Estéban Ocon (FRA) 40

13. Daniil Kvyat (RUS) 26

14. Sebastian Vettel (ALE) 18

15. Nico Hülkenberg (ALE) 10

16. Kimi Raikkonen (FIN) 4

17. Antonio Giovinazzi (ITA) 4

18. Romain Grosjean (FRA) 2

19. Kevin Magnussen (DIN) 1

- Classificação do Mundial de construtores:

1. Mercedes-AMG 479 puntos CAMPEÓN

2. Red Bull-Honda 226

3. Renault 135

4. McLaren-Renault 134

5. Racing Point-Mercedes 134

6. Ferrari 103

7. AlphaTauri-Honda 89

8. Alfa Romeo Racing-Ferrari 8

9. Haas 3

pel/fbx/lca