Lewandowski agradece a Klopp por ter feito dele um grande artilheiro

·2 minuto de leitura
O técnico do Liverpool Jurgen Klopp (esq.), abraça o atacante do Bayern de Munique, Robert Lewandowski, após um jogo da Liga dos Campeões em 2019

"Klopp não foi apenas uma figura paterna para mim, mas também um professor rigoroso". Robert Lewandowski, o melhor jogador do mundo em 2020, destacou e valorizou o papel que o atual técnico do Liverpool teve no início de sua carreira para transformar o polonês em um dos melhores artilheiros do cenário atual.

Eleito o melhor jogador de 2020 pela Fifa em dezembro passado, o atacante do Bayern de Munique esteve sob o comando de Klopp no Borussia Dortmund entre 2010 e 2014.

Em uma contribuição para o The Player Tribune (https://www.theplayerstribune.com/europe), uma plataforma que permite que os atletas se expressem diretamente sem a imprensa como intermediária, Lewandowski explicou: "Ele era um professor exigente, daqueles que são rigorosos com você. Daqueles que pressionam e fazem todo o possível para tirar o melhor de si".

Klopp descobriu Lewandowski quando o polonês tinha 20 anos e jogava pelo Lech Poznan na liga polonesa. Quatro anos depois, em 2014, o jovem atacante já era considerado um dos melhores artilheiros do planeta quando deixou o clube do Ruhr para jogar no Bayern de Munique. Um ano depois, foi Klopp quem deixou o Dortmund, mas para comandar o Liverpool.

"Ele não se conformava em te ver como um aluno notável. Jürgen sempre quis alunos de graduação com distinção. E ele não queria isso pensando nele mesmo, mas por você", acrescentou o jogador de 32 anos e artilheiro da Bundesliga em 2014, 2016, 2018, 2019 e 2020.

No Bayern, Lewandowski progride ano após ano e nesta temporada já marcou 20 gols em 14 jogos disputados no campeonato alemão. "O simples fato de jogar no Bayern é uma verdadeira experiência de aprendizado e o clube é tão profissional que você é forçado a subir de nível".

ryj-cpb/mcd/dr/aam