Leven Siano retira candidatura da eleição do Vasco e entra com ação na Justiça para validar último pleito

Felippe Rocha e Luiz Felipe Melo
·1 minuto de leitura


Dia movimentado nos bastidores do Vasco. Candidato mais votado na eleição do último sábado, Luiz Roberto Leven Siano entrou com recurso no Superior Tribunal de Justiça (STJ) para tornar válida a eleição do último sábado e, consequentemente, cancelar o pleito deste sábado, dia 14. Tal informação fo publicada pelo jornalista David Nascimento, do site "Esporte News Mundo". Paralelamente, Leven Siano retirou a candidatura da disputa deste fim de semana, chamando a convocação oficializada nesta quinta-feira de "tentativa de golpe".

Leven Siano foi o mais votado no pleito de sábado, mas a votação foi suspensa por volta das 20h, quando o presidente da Assembleia Geral obteve liminar do STJ. O pedido era pelo adiamento para este dia 14, sábado seguinte. Contudo, a Mesa Diretora presente entendeu de forma diferente e deu sequência aos trabalhos.

Tanto durante o processo do último sábado quanto na última segunda-feira, em entrevista coletiva, Leven afirmou que retiraria a candidatura, mas só o fez nesta quinta, quando protocolou carta no clube. Quase que ao mesmo tempo, Sérgio Frias, concorrente menos votado no pleito do último fim de semana, também protocolou a candidatura da disputa. Ele entende que o pleito realizado atendeu à vontade do sócio.

-> Confira a classificação do Campeonato Brasileiro

Na última terça-feira, o atual mandatário do clube, Alexandre Campello, afirmou que também retiraria a candidatura, principalmente pela participação da empresa "Eleja Online" no pleito. O LANCE! apurou que ainda nesta quinta ele vai confirmar a retirada do nome à disputa.

Assim se confirmado, o pleito terá dois candidatos: Jorge Salgado, da chapa Mais Vasco, e Júlio Brant, da Sempre Vasco.