Leven Siano? Jorge Salgado? Próximo presidente do Vasco só deverá ser conhecido em janeiro

Felippe Rocha
·1 minuto de leitura


O Vasco só deverá conhecer o seu próximo presidente no ano que vem. Isso porque uma divergência jurídica adiou o julgamento da validade da eleição do dia 7 de novembro no colegiado da Primeira Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado (TJ-RJ). A apreciação, agora, será após o recesso do Judiciário, em janeiro.

Na última terça-feira, o desembargador Camilo Ribeiro Rulière havia solicitado data para julgamento do colegiado da Primeira Câmara e foi atendido: a marcação se deu para o dia 17 deste dezembro, de modo virtual. Contudo, o presidente da Assembleia Geral do clube, Faués Mussa, contestou o modo de realização, o que, pelo regimento interno do TJ-RJ, automaticamente, postergou o julgamento.

O dirigente vascaíno entende ser importante a participação das partes envolvidas no processo no debate, o que não ocorreria em caso de julgamento ainda este ano. Tal desenrolar foi publicado primeiramente pelo site "Esporte News Mundo", e confirmado pelo LANCE!.

-> Confira a tabela do Campeonato Brasileiro

Vale lembrar que, pelo estatuto do Vasco, a posse do novo presidente é na segunda quinzena de janeiro. Até o momento, Luiz Roberto Leven Siano foi o mais votado na eleição do dia 7 de novembro (com cinco candidatos e presencial), enquanto Jorge Salgado superou Julio Brant no pleito do dia 14 de novembro (híbrido, em que somente os dois concorreram). Como os dois eventos estão judicializados, uma terceira votação foi proposta, mas Leven Siano é contrário.