Levantador de peso de Uganda que desapareceu no Japão é encontrado

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O levantador de peso Julius Ssekitoleko foi encontrado nesta terça-feira (20) após deixar o campo de treinamento da equipe de Uganda, localizado em Osaka, no Japão, na última sexta (16).

De acordo com o comitê olímpico do país africano, ele está sob os cuidados das autoridades locais. "Estamos trabalhando com a nossa embaixada em Tóquio para garantir que ele viaje em segurança para Uganda", afirmou a secretária-geral do Comitê Olímpico de Uganda (UOC), Beatrice Ayikoru.

Na sexta, o UOC informou que Ssekitoleko chegou ao Japão sem ter a sua classificação confirmada para os Jogos. Assim, após o anúncio da Federação Internacional de Levantamento de Peso de que ele não havia cumprido a cota para disputar o evento esportivo, o atleta teria de voltar ao seu país.

O UOC notou que Ssekitoleko havia desaparecido após ele deixar de comparecer a um teste de Covid. No hotel, o atleta deixou um bilhete no qual afirmava querer encontrar um emprego e ficar no país asiático.

A embaixada de Uganda no país asiático afirmou que "quaisquer problemas relacionados à suposta fuga do dever que ele cumpriria no Japão e ao desaparecimento do campo de treinamento serão resolvidos da maneira correta após o seu retorno". Segundo a agência de notícias japonesa Kyodo, o atleta havia sido visto 40 km ao sul da cidade de Nagoya, comprando um bilhete de trem.

A polícia local afirma que Ssekitoleko não estava ferido nem tinha se envolvido em crimes. De Nagoya, ele foi para Gifu e, em seguida, para Mie, onde foi encontrado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos