Letal! Em jogo elétrico, Lukaku marca dois e finda série invicta do Leicester

Atual campeão inglês não soube administrar boa vantagem diante do Crystal Palace. Em casa, o Everton fez a sua parte e derrotou o frágil Burnley

A série de seis vitórias consecutivas do Leicester sob o comando de Craig Shakespeare chegou ao fim. Em eletrizante partida neste domingo, válida pela 32ª rodada do Campeonato Inglês, os Foxes visitaram o Everton e foram derrotados por 4 a 2. Lukaku, artilheiro da competição, brilhou e marcou mais duas vezes na competição.

O resultado foi extremamente satisfatório para a equipe de Liverpool, na sétima posição, que agora tem 54 pontos, mantendo a esperança em uma vaga na Liga Europa. O Leicester, de olho na Liga dos Campeões, uma vez que joga neste dia 12 diante do Atlético de Madrid pelas quartas de final, tem apenas 36 pontos, na 11ª colocação.

O JOGO

Realizado no Goodison Park, o confronto começou de forma elétrica. Logo aos 30 segundos, o jovem Davies, de apenas 18 anos, aproveitou a fulminante jogada de Mirallas e abriu o placar para os donos da casa. Três minutos depois, tudo igual, com Slimani anotando após outro bom e frenético lance, desta vez protagonizado por Gray.

A virada não tardou a sair. Aos dez minutos, Albrighton cobrou falta lateral de forma direta, surpreendo o goleiro Robles: 2 a 1. Apesar da desvantagem, o Everton jogava melhor, tinha mais a posse de bola e foi coroado menos de 15 minutos depois. De cabeça, Lukaku marcou o seu primeiro na partida. Pouco antes do intervalo, veio a segunda virada da peleia: Jagielka, também de cabeça, fez o terceiro gol do time de Ronald Koeman, em lance seguinte a uma grande defesa de Schmeichel.







Na segunda etapa, como era de se esperar, o ritmo das equipes diminuiu. Melhor para o Everton, que precisava mais do resultado, uma vez que agora, por exemplo, está apenas a três pontos de uma vaga na Liga Europa. Com poucas chances criadas e o craque Mahrez iniciando no banco, o Leicester não teve contundência para arrancar o empate novamente. Ao contrário.

Entrando na reta final do confronto, Lukaku voltou a brilhar e acabou com as esperanças dos Foxes. Após bate-rebate na área, o belga estufou a rede, marcando o seu 23º gol no Inglês, onde é o artilheiro isolado. No fim, cabe destacar, Shakespeare optou pela entrada de Mahrez, provavelmente já visando dar ritmo ao camisa 26 para a Champions.

E MAIS: