Letal, Arrascaeta é o nome do Cruzeiro na briga pela Sul-Americana

O duelo contra o Nacional, do Paraguai, marca o início da caminhada do Cruzeiro na Copa Sul-Americana. Em ótima fase e com vasta bagagem em competições internacionais, Giorgian De Arrascaeta vira o grande nome da equipe de Mano Menezes no torneio continental.

O uruguai foi decisivo no clássico contra o Atlético-MG, sábado (1º). Letal nas finalizações e assistências, ele seguirá como titular da equipe na partida do meio de semana. Quarto colocado na lista de artilheiros estrangeiros do Cruzeiro, com 28 gols (cinco marcados apenas em 2017), o meia-atacante igualou o colombiano Arisitizábal nesta disputa. Ele ainda está atrás do boliviano Marcelo Moreno (45 gols), do espanhol Carazo (44) e do argentino Montillo (36).

Arrascaeta Cruzeiro Atlético-MG Primeira Liga 01022017


(Foto: Washington Alves/Light Press/Cruzeiro)

“Fico muito feliz por tudo que está acontecendo, conquistando marcas importantes no Cruzeiro e sempre tentando ajudar o time com gols, assistências, dando o máximo sempre”, afirmou o gringo. Ele ainda se responsabilizou por três assistências na atual temporada.

Outro ponto positivo de Giorgian De Arrascaeta é a experiência internacional. Antes de ser contratado pelo Cruzeiro, no início de 2015, o jogador fez uma campanha de destaque na Copa Libertadores da América.

À época, ele defendia as cores do Defensor Sporting, do Uruguai. Com a camisa 10, ele conduziu o time de Montevidéu à semifinal da principal competição internacional. No ano seguinte, já com as cores da Raposa, deixou o torneio nas quartas de final, ao perder para o River Plate, da Argentina, no Mineirão.