Letícia Bufoni estreia como comentarista da Globo em torneio mundial de skate

Letícia Bufoni vai comentar competição que tem Rayssa Leal como favorita (Foto: JEFF PACHOUD / AFP)


Letícia Bufoni, uma das lendas do skate, estreia neste domingo como comentarista na "TV Globo", na final feminina da Liga Mundial de Skate Street (SLS), no Rio de Janeiro, evento que reúne alguns dos maiores nomes do skate na atualidade e será transmitido pela primeira vez na TV aberta. Letícia estará na transmissão, a partir das 10h, dentro do "Esporte Espetacular", ao lado do narrador Everaldo Marques e do comentarista Geninho Amaral, trazendo todas as emoções da bateria que decide o título mundial da temporada entre as mulheres.

+ Tino Marcos falou do seu time de coração! Saiba a preferência de outros nomes do jornalismo esportivo

O Brasil já está garantido na decisão feminina, com pelo menos duas representantes. Atual líder do ranking e campeã das três etapas da temporada disputadas até o momento, Rayssa Leal, medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Tóquio, aguarda a definição das adversárias ao lado da também classificada e atual bicampeã mundial Pâmela Rosa. No sábado, o SporTV mostra as semifinais masculina e feminina e, também no domingo, a briga pelo título entre os homens.

Rayssa Leal, de 14 anos, venceu todas as etapas da SLS neste ano e vai em busca do título mundial de forma invicta. Letícia Bufoni, de 29 anos, terá a experiência inédita de comentar a participação da amiga e pupila.

Letícia fez parte do time que representou o país na estreia do skate na última edição olímpica. Mas já radicalizava sobre as quatro rodinhas desde 2007, quando começou na modalidade, se profissionalizando quatro anos depois e se tornando a precursora do skate competitivo feminino no cenário internacional. De lá para cá, Letícia conquistou diversos títulos, é reconhecida mundialmente como o maior nome feminino da modalidade na história e serve de inspiração para a nova geração. Atualmente é a maior medalhista e vencedora da história dos X Games, com seis conquistas, recordes que fazem parte do Guinness Book, o livro dos recordes.