Lesionado, Andy Murray desiste do Masters 1000 de Miami

Após a notícia de que Novak Djokovic poderia ficar fora do Masters 1000 de Miami, foi a vez de Andy Murray, número 1 do mundo, confirmar que não disputará o torneio norte-americano. O britânico alegou uma lesão no cotovelo direito.

“Infelizmente, devido a uma lesão no cotovelo direito, não poderei jogar em Miami. Peço desculpas aos fãs, este é um dos meus torneios favoritos. Meu foco agora é ficar pronto para a temporada de saibro”, disse o tenista em comunicado.

O Masters 1000 de Miami tem início na próxima quarta-feira, e não contará com o líder do ranking mundial, campeão das edições de 2009 e 2013. Na última temporada, Andy foi eliminado na terceira rodada e, por isso, perderá apenas 45 pontos.

Mesmo desistindo do torneio, Murray seguirá na liderança do ranking mundial. A distância para Djokovic, inclusive, pode aumentar, já que o sérvio defende o título de Miami e, caso desista do torneio, perderá 1000 pontos.

Na atual temporada, Andy vem oscilando. Mesmo com o título do ATP 500 de Dubai, o britânico teve um desempenho abaixo do esperado em torneios mais importantes, como no Aberto da Austrália e no Masters 1000 de Indian Wells, caindo nas oitavas de final e na estreia, respectivamente.