Lesão exige cirurgia e tira Giovanni Augusto do Timão por até três meses

Gabriel Carneiro

Giovanni Augusto esperava tempos melhores no Corinthians depois de rejeitar uma proposta de empréstimo do Internacional e ver o técnico Fabio Carille demonstrar confiança em seu potencial, mas terá que esperar mais por uma sequência de jogos e a reconquista do carinho do torcedor alvinegro. Nesta sexta-feira, o departamento médico do clube anunciou que o jogador precisará passar por cirurgia em razão de uma entorse no tornozelo esquerdo com lesão de cartilagem, e a previsão de retorno aos gramados é de até três meses.

Depois de toda a polêmica relativa à frustrada troca por Valdivia com o Colorado, Giovanni Augusto reestreou pelo Corinthians justamente diante dos gaúchos, pela Copa do Brasil. Acionado aos 18 minutos do segundo tempo na vaga de Marquinhos Gabriel, o meia entrou bem na partida, mas não conseguiu se recuperar após uma dividida com Rodrigo Dourado e acabou substituído apenas 18 minutos depois, por Léo Jabá. O diagnóstico de entorse foi confirmado.

Agora, Giovanni Augusto cumprirá um período de repouso até que o local desinche e a cirurgia seja autorizada, o que deve ocorrer no início da semana que vem. Depois disso é que tem início o processo fisioterápico, com tendência de retorno aos treinamentos apenas na segunda quinzena de julho, à disposição para as competições do segundo semestre.

Neste ano, Giovanni Augusto já encarou duas lesões musculares na coxa direita, nos meses de fevereiro e março. Ele jogou apenas nove jogos no ano.

- Fiquei sabendo disso no campo, na hora do treino. Vou ligar para dar uma força, que nesse momento é muito importante - disse o técnico Fabio Carille.








E MAIS: