Lesão de Diego Costa não é tão grave quanto se temia, diz Atlético

Reuters

MADRI, 2 Abr (Reuters) - O artilheiro do Atlético de Madri Diego Costa distendeu mas não rompeu um músculo da coxa, informou o clube espanhol nesta quarta-feira, sugerindo que o atacante brasileiro naturalizado espanhol não ficará afastado dos gramados tanto tempo quanto se temia.

Costa foi forçado a deixar o campo aos 30 minutos do jogo de ida das quartas de final da Liga dos Campeões na terça-feira, em Barcelona, que terminou 1 x 1, após sentir dores na parte traseira da perna direita.

O Atlético afirmou no Twitter que exames revelaram uma distensão muscular em vez de um rompimento. O clube não especificou quanto tempo ele vai ficar fora de ação.

Em seu site, o Atlético disse mais tarde que exames também mostraram que o meia turco Arda Turan teve uma lesão na virilha que requer "fisioterapia e recuperação", sem mencionar o tempo que o jogador terá que ficar afastado.

Diego Costa marcou sete gols em cinco jogos nesta temporada da Liga dos Campeões e tem 25 gols em 30 partidas no Campeonato Espanhol.

O técnico do Atlético, Diego Simeone, disse em entrevista coletiva após o jogo no Camp Nou que Raul Garcia, David Villa ou Adrián estão prontos para substituir o atleta da seleção espanhola.

(Reportagem de Iain Rogers)

Exibir comentários (0)
Os sites do Yahoo Esportes e do Esporte Interativo agora estão separados. Por favor, escolha qual deseja acessar:
  • Palmeiras vê bola "a centímetros de entrar" e fala em falta de sorte

    Após só empatar por 0 a 0 com o ASA e completar três jogos consecutivos sem vitória nem gol, o Palmeiras decidiu culpar o azar. O time teve nesta quarta-feira uma de suas piores atuações na temporada, mas se apegou à pressão nos últimos 30 minutos de partida, quando o adversário - que disputa a terceira divisão nacional - já estava completamente recuado para se elogiar, mesmo diante das vaias da torcida. Mais »

    Gazeta Press - 9 minutos atrás
  • Oswaldo não teme demissão, aceita vaia e aponta confiança na torcida

    Nem os gritos de "burro" e pedidos pela sua saída do Palmeiras, entre palavrões, mudaram o tom sereno de Oswaldo de Oliveira. Logo após sair do campo do Palestra Itália intensamente xingado, o técnico aceitou ser escolhido para ser vaiado no empate sem gols diante do ASA, chegou a apontar confiança e paciência da torcida e até minimizou o Derby de domingo, em Itaquera, no Brasileiro, como risco de demissão. Mais »

    Gazeta Press - 14 minutos atrás
  • Warriors vencem Rockets e voltam à decisão após 40 anos

    Warriors vencem Rockets e voltam à decisão após 40 anos Mais »

    Gazeta Press - 1 hora 36 minutos atrás
  • A emoção não se rouba

    A emoção não se rouba

    Há quem veja no torcedor de futebol um profundo idiota, por ser apaixonado por um esporte manejado por mafiosos, especialistas em toda a sorte de negociatas. Isso é uma parte da verdade. Mais »

    Blog Futebol e Outras Guerras - 1 hora 49 minutos atrás
  • Torcida do Flamengo volta a hostilizar os jogadores

    A exemplo do que aconteceu no regresso da delegação de Florianópolis, após derrota para o Avaí, os jogadores do Flamengo voltaram a ser hostilizados por integrantes de torcidas organizadas, após o empate diante do Náutico, pela Copa do Brasil. Segundo a Rádio Tupi, Cerca de 30 torcedores se reuníram diante do portão de saída do Maracanã para insultar e dirigir xingamentos para jogadores e dirigentes do clube rubro-negro. Mais »

    Gazeta Press - 1 hora 53 minutos atrás