Lenda do futebol italiano, Vialli morre aos 58 anos após luta contra câncer

Gianluca Vialli morre aos 58 anos de idade na Itália (Foto: Divulgação/Itália)


Gianluca Vialli, um dos principais nomes do futebol italiano na década de 1990, morreu aos 58 anos nesta sexta-feira. O ex-jogador lutava contra um câncer no pâncreas desde 2018 e faleceu em Londres, onde estava internado após suspender seus compromissos com a Azzurra no último mês de dezembro para tratar a doença.

- Com imensa tristeza, comunicamos o falecimento de Gianluca Vialli. Cercado por sua família, ele faleceu ontem à noite após cinco anos enfrentando a doença com coragem e dignidade. Agradecemos a todos que nos apoiaram ao longo dos anos com seu carinho. Sua memória e exemplo viverão para sempre em nossos corações - publico a família em nota.

Lançado ao futebol profissional pela Cremonese, o ex-atacante começou a ganhar destaque após se transferir para a Sampdoria. Além disso, o atleta também fez história com a Juventus e Chelsea, clube em que encerrou sua carreira em 1999. Em seu currículo, Vialli conquistou 15 títulos, sendo uma Champions League.

Com a Itália, o ex-jogador participou de duas Copas do Mundo e uma Eurocopa, embora não tenha conquistado títulos. Desde 2019, a lenda assumiu o cargo de Coordenador Técnico da Azzurra para trabalhar ao lado de Roberto Mancini, ex-companheiro de ataque na Sampdoria e treinador da seleção.