Lembra? Em 2005, lambança de Ceni deu vitória ao Santos no Morumbi

LANCE!/DIÁRIO DO PEIXE
·2 minuto de leitura


O Santos volta a campo nesse domingo, para mais uma rodada do Campeonato Brasileiro de 2020. Envolvido nas semifinais da Copa Libertadores, o time santista terá um difícil compromisso fora de casa, diante do líder do campeonato, o São Paulo. O retrospecto é desfavorável ao Peixe, em partidas do Brasileirão: são 29 vitórias tricolores, contra 25 triunfos santistas (além de 16 empates).


Em 2005, Santos e São Paulo se enfrentaram na rodada 33, com as duas equipes mal colocadas na classificação. O Santos chegou a liderar a competição em seu início, mas perdeu fôlego com a saída de Robinho, ao Real Madrid, e viu o seu desempenho desabar. Os tricolores estavam com suas atenções voltadas à disputa do Mundial de Clubes e usaram o Brasileirão como preparação.

O jogo começou em ritmo lento, com as duas equipes pouco se esforçando para chegar ao ataque. A morosidade persistiu durante toda a primeira etapa, que se encerrou sem gols no placar. Aos cinco minutos do segundo tempo, o Peixe abriu o marcador com grande ajuda do rival. Basílio cruzou na área tentando acionar Geílson, mas o volante Renan foi mais rápido. Com uma cabeçada certeira, colocou a bola no canto oposto de Rogério. Surpreendido pela ação de seu companheiro, o goleiro são-paulino nada pôde fazer: 1 a 0 Santos.

Com 16 minutos da segunda etapa, ocorreu o lance mais emblemático do confronto. Rogério decidiu empatar a partida em cobrança de falta. O chute saiu baixo e explodiu na barreira. A bola chegou em Luciano Henrique, que habilmente atraiu o goleiro e a marcação, antes de lançar Geílson. O atacante santista teve o simples trabalho de tocar para o gol vazio - Rogério ficou no meio do caminho.

O festival de trapalhadas não ficou somente no time tricolor. Aos 25 minutos, Amoroso descontou depois de aproveitar o rebote gerado por falha do goleiro santista Mauro. Com a vantagem, o Santos fechou-se na defesa e garantiu a vitória no Morumbi.

FICHA TÉCNICA

Campeonato Brasileiro de 2005
SÃO PAULO 1 X 2 SANTOS

Data: 22 de outubro de 2005
Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Árbitro: Leonardo Gaciba (RS)
Gols: Renan (contra) aos 5, Geílson aos 16 e Amoroso aos 25 minutos do segundo tempo

São Paulo: Rogério; Cicinho, Lugano, Fabão e Richarlysson (Fábio Santos); Renan (Leandro Bomfim), Denílson, Josué e Danilo (Amoroso); Thiago e Christian. Técnico: Paulo Autuori

Santos: Mauro; Paulo César, Rogério, Halisson e Kleber; Fabinho, Heleno, Ricardinho e Luciano Henrique (Léo Lima); Basílio (Diego) e Geílson (Cláudio Pitbull). Técnico: Nelsinho Baptista