Leipzig vence Werder Bremen na prorrogação (2-1) e vai à final da Copa da Alemanha

·2 minuto de leitura
O técnico do Leipzig, Julian Nagelsmann, comemora a classificação para a final da Copa da Alemanha com seus jogadores após vencer o Werder Bremen nesta sexta-feira, 30 de abril de 2021, em Bremen

O RB Leipzig, de Julian Nagelsmann, venceu o Werder Bremen por 2 a 1 fora de casa nesta sexta-feira, nas semifinais da Copa da Alemanha, em um duelo que foi para a prorrogação, e vai viajar a Berlim no dia 13 de maio para disputar o primeiro título de sua história.

Segundo atrás do Bayern de Munique no campeonato alemão, o Leipzig enfrentará o vencedor do duelo de sábado entre o Borussia Dortmund e a surpresa desta edição, o time da segunda divisão Holstein Kiel.

O sueco Emil Forsberg marcou o gol da vitória aos 120 minutos de uma partida muito tensa, que terminou em 0 a 0 após os 90 minutos regulamentares.

O sul-coreano Hwang Hee-Chan parecia que iria dar a vitória ao Leipzig no início da prorrogação (93), mas Leonardo Bittencourt empatou (105+1) aproveitando um passe errado para trás do zagueiro francês Dayot Upamenaco.

Depois de vencer por 4 a 1 no estádio do Werder Bremen no dia 10 de abril, o Leipzig não esperava essa resistência de um time que luta para não ser rebaixado.

No geral, o vice-líder da Bundesliga foi melhor, mas o goleiro Jiri Pavlenka, com algumas boas defesas, manteve o Bremen vivo.

Mas Forsberg acabou com suas esperanças e o Leipzig de Nagelsmann, que aos 33 anos assumirá o Bayern de Munique no próximo ano, terá a chance de inaugurar sua galeria de troféus.

"Estamos todos muito felizes por estar na final e ansiosos", disse Forsberg após a partida.

O clube da Red Bull já chegou à final da Copa da Alemanha em 2019 mas foi derrotado por 3 a 0 pelo Bayern de Munique, eliminado nesta edição, nas oitavas de final, pelo surpreendente Holstein Kiel, adversário do Dortmund neste sábado.

"Perdemos para o Bayern da última vez, por isso a paixão e o desejo de ganhar a taça são enormes", acrescentou Forsberg.

"Os meninos lutaram muito, foi uma semana turbulenta para o clube e merecemos a vitória", comemorou o técnico Nagelsmann.

cpb/pm/aam