Leilão beneficente de camisas da Holanda arrecada valores impressionantes

Holandeses já se encontraram com trabalhadores migrantes no Qatar (Foto: Divulgação/Seleção Holandesa)


A Federação Holandesa de Futebol (KNVB) organizou um leilão de camisas da Holanda nesta Copa do Mundo. O objetivo é arrecadar fundos para ajudar os trabalhadores migrantes que ajudaram nas obras nos estádios do Qatar. Até o momento, foram arrecadados 162 mil euros, cerca de R$ 880 milhões na cotação atual.

As camisas usadas pelos holandeses na segunda partida da Copa do Mundo, contra o Equador, renderam 52 mil euros. Os uniformes do duelo diante de Senegal, na estreia, ficaram com valores ainda melhores: 60 mil euros. As primeiras a serem leiloadas foram da Liga das Nações.

+ Copa do Mundo: Holanda inicia preparação para oitavas, e zagueiro deixa o treino com dores

Os uniformes da vitória sobre o Qatar, que foram usados nesta terça-feira, já podem receber lances. A camisa de Frenkie De Jong, destaque e autor de um dos gols, alcançou quase cinco mil euros. As propostas começa a partir do início das partidas seguintes da Copa do Mundo.

O leilão vai até a Holanda ser eliminada da Copa do Mundo e praticamente todos os uniformes estarão disponíveis. O próximo compromisso da Laranja é neste sábado, às 12h (de Brasília), diante dos Estados Unidos. A partida acontecerá no Estádio Internacional Khalifa, em Al Rayann.