Arsenal vence Chelsea (3-1) no Boxing Day; Everton assume vice-liderança

·5 minuto de leitura

O Arsenal encerrou sua sequência de derrotas e deu fôlego ao seu treinador Mikel Arteta graças à vitória por 3 a 1 sobre o Chelsea no clássico de Londres, neste sábado, pela 15ª rodada da Premier League, no tradicional 'Boxing Day'.

Depois de ficar sem vencer desde o início de novembro, emendando sete jogos do campeonato marcando apenas dois pontos (cinco derrotas e dois empates), os 'Gunners' interromperam essa queda e agora estão em 14º na tabela, com 17 pontos, seis acima da zona de rebaixamento.

O francês Alexandre Lacazette abriu o placar no Emirates Stadium aos 34 minutos, convertendo um pênalti.

O suíço Granit Xhaka ampliou aos 44 em uma cobrança de falta direta com o pé esquerdo.

No segundo tempo Bukayo Saka (56) fez o terceiro, um belo gol que parecia que seria um cruzamento, fechando uma tarde perfeita para sua equipe, que precisava muito de uma alegria.

Os 'Blues' marcaram o gol de honra por meio de Tammy Abraham na reta final da partida (85).

O italiano nascido no Brasil, Jorginho, ainda perdeu um pênalti para o Chelsea nos acréscimos.

O Arsenal finalmente conseguiu comemorar, após seu péssimo início no campeonato e sua eliminação esta semana nas quartas de final da Copa da Liga inglesa, quando foi derrotado por 4 a 1 em casa pelo Manchester City.

"É uma grande vitória para nós. Ficamos muito decepcionados e frustrados com os resultados", disse Arteta.

"Os jogadores e os torcedores estavam sofrendo e hoje é um dia muito especial. Não pode ficar melhor do que isso. No Boxing Day, jogando um dérbi de Londres no Emirates e vencendo da maneira que fizemos", acrescentou o treinador.

O Chelsea caiu para a sétima posição na tabela.

- Everton vice-líder -

Outro destaque do movimentado Boxing Day foi a vitória do Everton por 1 a 0 sobre o lanterna Sheffield United fora de casa.

Com esse resultado o time subiu para a segunda colocação. O único gol do jogo foi marcado pelo meia islandês Gylfi Sigurdsson após receber um passe do francês Abdoulaye Doucouré aos 80 minutos.

Com 29 pontos, o Everton está a dois do líder, o vizinho Liverpool, que recebe o West Bromwich (19º) em Anfield, neste domingo.

O Everton ultrapassou o Leicester, agora terceiro (com um ponto a menos) e o Manchester United, quarto colocado e dois pontos atrás do time do técnico italiano Carlo Ancelotti.

Mais atrás, o Manchester City subiu para a quinta colocação depois de vencer o Newcastle (12º) por 2 a 0 em casa.

Os gols foram marcados pelo volante Ilkay Gündogan (14) e o ponta espanhol Ferrán Torres (55).

Os 'Citizens' já estão a um ponto da 'zona da Champions' - que no momento é fechada pelo rival Manchester United - e estão provisoriamente a quatro pontos do líder Liverpool.

- Leicester arranca empate contra United -

Mais cedo, um gol de Jamie Vardy a cinco minutos do final privou o Manchester United (4º) de somar os três pontos diante do Leicester (3º), em uma partida acirrada que deu início ao Boxing Day.

Foi o primeiro jogo fora de casa sem vencer da equipe de Ole Gunnar Solskjaer, após um confronto intenso mas com um resultado que fez jus ao que aconteceu no King Power Stadium.

"Um ponto, não é o pior resultado, mas estamos desapontados por não termos conseguido os três pontos", admitiu o treinador do Manchester United, o norueguês Ole Gunnar Solskjaer. "Tivemos muitas oportunidades claras e deveríamos ter matado o jogo".

Marcus Rashford colocou os visitantes em vantagem aos 23 minutos, ao receber sozinho na área e chutar rasteiro, superando o goleiro dinamarquês Kasper Schmeichel.

O Leicester não demorou a responder e o fez com uma bomba de canhota de fora da área de Harvey Barnes, sem chances para o goleiro espanhol David De Gea (31).

O segundo tempo foi uma cópia do primeiro, com o United mais uma vez na frente graças ao português Bruno Fernandes (79), após uma assistência do uruguaio Edinson Cavani, até que, pouco depois, o atacante Jamie Vardy garantiu o empate com seu décimo segundo gol nesta Premier, apenas um atrás dos artilheiro, o egípcio do Liverpool, Mohamed Salah.

- Aston Villa em sexto -

Em outros jogos deste sábado, o Aston Villa subiu provisoriamente para a sexta colocação ao vencer em casa o Crystal Palace (13º) do técnico Roy Hodgson por 3 a 0.

Os gols da equipe de Birmingham foram marcados pelo atacante burquino Bertrand Traoré logo aos 5 minutos de jogo, e no segundo tempo pelo zagueiro Kortney Hause (66) e o holandês Anwar El Ghazi (76).

O Southampton ficou em nono depois de empatar em 0 a 0 com o Fulham (18º) fora de casa e perdeu a chance de encostar nos líderes.

-- Jogos da 15ª rodada do Campeonato Inglês (horário de Brasília) e classificação:

- Sábado:

Leicester - Manchester United 2 - 2

Fulham - Southampton 0 - 0

Aston Villa - Crystal Palace 3 - 0

Arsenal - Chelsea 3 - 1

Manchester City - Newcastle 2 - 0

Sheffield United - Everton 0 - 1

- Domingo:

(09h00) Leeds - Burnley

(11h15) West Ham - Brighton

(13h30) Liverpool - West Bromwich

(16h15) Wolverhampton - Tottenham

Classificação: Pts J V E D Gp Gc SG

1. Liverpool 31 14 9 4 1 36 19 17

2. Everton 29 15 9 2 4 26 19 7

3. Leicester 28 15 9 1 5 28 19 9

4. Manchester United 27 14 8 3 3 30 23 7

5. Manchester City 26 14 7 5 2 21 12 9

6. Aston Villa 25 13 8 1 4 27 13 14

7. Chelsea 25 15 7 4 4 30 17 13

8. Tottenham 25 14 7 4 3 25 14 11

9. Southampton 25 15 7 4 4 25 19 6

10. West Ham 21 14 6 3 5 21 19 2

11. Wolverhampton 20 14 6 2 6 14 19 -5

12. Newcastle 18 14 5 3 6 17 24 -7

13. Crystal Palace 18 15 5 3 7 19 28 -9

14. Arsenal 17 15 5 2 8 15 19 -4

15. Leeds 17 14 5 2 7 24 30 -6

16. Burnley 13 13 3 4 6 8 19 -11

17. Brighton 12 14 2 6 6 16 22 -6

18. Fulham 11 15 2 5 8 13 23 -10

19. West Bromwich 7 14 1 4 9 10 29 -19

20. Sheffield United 2 15 0 2 13 8 26 -18

./bds/iga/aam