Legalizado! Nate Diaz esclarece uso de maconha em treino aberto do UFC 241

AgFight

Nate Diaz ofereceu o cigarro de maconha para os fãs presentes em seu treino – Diego Ribas

Os treinos abertos do UFC 241, realizados em Anaheim (EUA), ficaram em segundo plano, pois Nate Diaz roubou a cena com uma atitude bem polêmica. Conhecido pelo estilo ‘bad boy’, o americano surpreendeu a todos ao fumar um cigarro de maconha momentos antes de iniciar suas atividades voltadas para o público. No entanto, depois da performance, o meio-médio (77 kg) garantiu que agiu dentro da legalidade.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Em conversa com a imprensa – que contou com a presença da Ag Fight -, Nate esclareceu que as substâncias presentes no cigarro são liberadas pelo código da USADA (agência antidoping americana). De acordo com o americano, havia apenas o composto ‘CBD’ da droga, que é legalizado no UFC e não transmite efeitos psicoativos, como o ‘THC’, por exemplo.

“Tinha só cbd (canabidiol). Eu só posso fumar a maconha mesmo (com THC) após a luta. Então aqui eu tive que fumar um cigarro de canabidiol. Canabidiol, é nutritivo, faz bem para você (risos)”, ironizou o falastrão americano.

Afastado há três anos dos octógonos, Diaz fará seu retorno contra Anthony Pettis. A luta entre os dois servirá como ‘co-main event’ da noite. O combate principal do UFC 241 ficará por conta de Daniel Cormier e Stipe Miocic, que se enfrentam pelo cinturão dos pesos-pesados.

Leia também