Leeds United, de Bielsa, volta à Premier League depois de 16 anos

AFP
Torcedores do Leeds United festejam nos arredores do estádio Elland Road após a promoção do time para a Premier League, no dia 17 de julho de 2020
Torcedores do Leeds United festejam nos arredores do estádio Elland Road após a promoção do time para a Premier League, no dia 17 de julho de 2020

O Leeds United, comandado pelo técnico argentino Marcelo Bielsa, vai jogar na próxima temporada na primeira divisão do futebol inglês (a Premier Legue) após 16 anos de ausência, graças à derrota do West Bromwich nesta sexta-feira por 2 a 1 no campo do Huddersfield, pela 45ª rodada do Championship (2ª divisão).

O West Brom (2º) precisava vencer para adiar em pelo menos uma rodada a promoção matemática do Leeds (1º), que com 87 pontos não pode mais ser alcançado pelo segundo (82 pontos), com apenas uma rodada a ser disputada.

O Huddersfield (17º, com 51 pontos) venceu com gols de Chris Willock, aos 4 minutos, e Emile Smith-Rowe na reta final do jogo (86). O West Brom chegou a empatar no primeiro tempo com Dara O'Shea (42).

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Só o Brentford (3º, com 81 pontos) poderá tirar o título da segunda divisão das mãos do Leeds, mas o time de Bielsa garantiu matematicamente que vai ao menos terminar entre os dois primeiros da tabela, o que assegura a promoção direta à Premier.

Treinado pelo argentino há dois anos, o Leeds retornará à elite do campeonato inglês, que deixou em 2004. Em sua história, o time obteve grandes conquistas, incluindo três títulos de campeão da Inglaterra (1969, 1974 e 1992).

O clube do norte da Inglaterra esteve perto de ser promovido na última temporada.

Terminou em terceiro no final da temporada regular do Championship, ficando de fora das duas posições de promoção direta.

O Leeds teve então que jogar os 'playoffs', onde perdeu para o Derby County nas semifinais. Na decisão, foi o Aston Villa quem alcançou a vaga de promoção para a Premier.

Leia também