Leclerc projeta 2020 “um pouco mais fácil” na Ferrari, mas com “muitas expectativas”

Redação GP
Grande Prêmio

Charles Leclerc parte para seu segundo ano correndo pela Ferrari com a perspectiva de viver uma temporada 2020 mais fácil. Não em termos de performance, mas no sentido de estar mais adaptado à equipe e sua filosofia de trabalho. Por outro lado, o monegasco, que admite ter aprendido com os erros no seu ano de debute no time italiano, entende que os resultados obtidos em 2019, com duas vitórias e sete poles, vão fazer com que as expectativas sejam ampliadas para o campeonato deste novo ano.

Em entrevista veiculada pelo site britânico ‘Crash.net’, Leclerc comentou, na esteira do lançamento da SF1000 na última terça-feira (11), o que aguarda para a temporada 2020 da Fórmula 1.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

“Esse ano vai mudar um pouco para mim, já que no ano passado tudo foi novo. Tive de descobrir toda a equipe e, mesmo estando na Academia da Ferrari, tive de me adaptar a todos os sistemas e procedimentos”, explicou o jovem.

Charles Leclerc espera um 2020 mais fácil no seu segundo ano na Ferrari (Foto: Ferrari)


“Mas este ano vai ser um pouco mais fácil. Mas, por outro lado, vai haver muitas expectativas. Trabalhei muito duro para estar no nível que quero estar neste ano. Espero que seja um ano positivo para mim”, disse Leclerc.

“A abordagem é um pouco distinta, já que agora conheço a equipe, conheço um pouco o carro. Este ano é um carro novo, mas, obviamente, é uma melhoria do carro do ano passado, por isso trabalhamos juntos para torná-lo melhor e estar mais pronto para esse ano. Conheço as pessoas, então é uma boa temporada”, acrescentou.

Leclerc salientou a importância da preparação para 2020 e entende que, estando bem em todos os aspectos, os resultados vão ser simplesmente consequência deste trabalho.

“Eu sempre defendo um nível muito alto, não em termos de resultados, mas principalmente em termos de preparação e foco no trabalho que há no carro. Eu raramente me concentro no resultado somente porque acho que, se eu trabalhar bem, os resultados vão vir, e se trabalharmos bem como equipe, os resultados virão”, salientou.

“Treino mais do que nunca para estar preparado para esta temporada. E eu me sinto pronto”, garantiu o piloto, quarto colocado na última temporada na F1.


Paddockast #48

MELHORES PILOTOS BRASILEIROS DA DÉCADA


Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM




Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo


O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.


Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.







Leia também