Leclerc conquista pole position em Baku, após classificatório cheio de batidas

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Por Alan Baldwin

(Reuters) - Charles Leclerc, da Ferrari, conseguiu neste sábado a pole position de maneira surpreendente para o Grande Prêmio de Fórmula 1 do Azerbaijão, em um treino classificatório cheio de batidas e quatro paralisações com bandeiras vermelhas.

O heptacampeão mundial da Mercedes, Lewis Hamilton, o acompanhará na primeira fileira do grid, com o líder do Mundial de Pilotos, Max Verstappen, da Red Bull, largando em terceiro lugar.

“O classificatório foi simplesmente estúpido, para ser honesto”, disse o piloto holandês, que tem quatro pontos de vantagem para Hamilton, após cinco corridas.

Foi a segunda pole position seguida de Leclerc e mais uma vez resultou de uma sessão final interrompida precocemente pelo carro vermelho acertando as barreiras de proteção.

Correndo em casa em Monaco, duas semanas atrás, foi Leclerc quem fez a volta mais rápida e bateu. Em Baku, foi um acidente envolvendo seu companheiro Carlos Sainz que levou ao fim a ação na pista.

Leclerc deve parte do seu tempo de 1min41s218 a Hamilton, cujo carro lhe emprestou um forte “reboque” aerodinâmico na longa reta.

“Eu acho que teríamos ficado com a pole, ou nas proximidades dela, mesmo sem o vácuo (de Hamilton), então é um dia bom. Eu não esperava ser tão competitivo como fomos”, disse o monegasco.

“Acho que será difícil manter esses dois atrás de mim”, acrescentou, em relação aos líderes do campeonato.

(Por Alan Baldwin em Londres)