Leclerc: "Aprendi a ser paciente com Ferrari mais fraca em 2020"

Adam Cooper
·3 minuto de leitura

Leclerc diz que aprendeu a ter paciência, melhorou suas habilidades de gerenciamento de pneus e se tornou mais próximo de sua equipe depois de sobreviver aos “momentos mais difíceis” de um ano conturbado.

Leia também:

F1: Interlagos será sede do GP do Brasil pelos próximos 5 anos F1: Hamilton comenta negociações para ficar na Mercedes em 2021 Fórmula 1 deve ter pré-temporada de apenas três dias em 2021

Depois de se provar um vencedor de corridas em 2019, Leclerc tem inclusive lutado para chegar ao Q3 em algumas ocasiões nesta temporada depois que o desempenho da Ferrari piorou.

Apesar disso, o piloto monegasco ocupa atualmente a quinta posição no mundial, superando o companheiro de equipe Sebastian Vettel.

“Estou feliz, satisfeito com a maneira como melhorei como piloto desde o início da temporada”, disse ele.

“Especialmente no que diz respeito à gestão dos pneus, penso que esse foi um dos meus pontos mais fracos no ano passado. Eu coloquei muito esforço nisso, e parece estar melhor agora”.

“Então, isso é positivo e acho que é nos momentos mais difíceis que você fica ainda mais próximo das pessoas que estão trabalhando com você. E acho que é exatamente isso que está acontecendo”.

“Por isso, estamos tentando ajudar a equipe o máximo possível a voltar para onde queremos estar. E eu acho que isso está criando alguns vínculos fortes para mim e para o futuro com a equipe. Então, isso é bom. E espero que esta situação difícil seja a mais curta possível”.

Questionado se havia aprendido mais com um carro menos competitivo, ele admitiu que era impossível julgar.

“Bem, na verdade, o carro está mais fraco nesta temporada”, disse ele. “Portanto, não posso falar [o que teria acontecido] se o carro estivesse melhor. De qualquer forma, acho que isso me tornou um piloto melhor, com certeza”.

“Em termos de paciência não acho que fui um cara muito paciente no passado, mas tenho que estar nessa situação de agora. E eu sinto que melhorei nisso também. Portanto, com certeza sou um piloto mais forte do que era no início da temporada”.

Questionado se Leclerc foi mais impressionante este ano do que no passado, Vettel admitiu que era difícil julgar.

“Acho que provavelmente não é tão fácil comparar”, disse o alemão. “Obviamente, eu tive um ano um pouco pior em comparação com ele até agora. Portanto, não posso estar satisfeito”.

“Charles está fazendo um bom trabalho e parece que regularmente tira o máximo do carro. Portanto, acho que há algumas áreas em que ele melhorou. Mas acho que ele já deixou uma impressão muito forte em seu primeiro ano com a Sauber e no ano passado também. Portanto, não acho que seja apenas este ano que ele está dirigindo de uma maneira muito madura e boa. ”

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1, MotoGP e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

Hamilton despista sobre Rosberg, analisa Bottas e ‘esquece’ Alonso; assista e entenda

PODCAST: O calendário 'pós-pandemia' da F1 2021 é o mais correto? Ouça o debate

Your browser does not support the audio element.

.