LeBron James detona post antissemita de Irving: 'Não perdoo'

Lebron James e Kyrie Irving atuaram juntos no Cleveland Cavaliers (Foto: Gregory Shamus/Getty Images/AFP)


Astro da NBA e dos Los Angeles Lakers, LeBron James, criticou uma publicação polêmica feita por Kyrie Irving, do Brooklyn Nets. No último dia 29 de outubro, o jogador dos Nets postou nas redes sociais trechos de uma obra antissemita e recebeu críticas dos seguidores. Em entrevista a "ESPN" norte-americana, LeBron demonstrou sua revolta com a situação e comentou sobre o caso.

+ Diego Ribas define seu futuro, Endrick na mira de mais um europeu… o Dia do Mercado!

- Eu acredito que o que Kyrie fez machucou muita gente. E ele já pediu desculpas, mas causou certa dor e eu acho que isso é uma infelicidade. Não importa sua cor, altura, posição. Se você está promovendo dor, dizendo coisas que são dolorosas para qualquer comunidade, então eu não respeito. Eu não perdoo isso - afirmou LeBron, que completou:

- Não sei os passos que ele vai tomar, mas pediu desculpas pelo que disse e espero que ele entenda que o que ele falou machucou muita gente. E nós como humanos não somos perfeitos, mas eu espero que ele entenda o que ele fez e que as ações que ele tomou foram prejudiciais a muita gente.

+ LeBron James compra time profissional de esporte em crescimento

Em seu pedido de desculpas, Irving reconheceu que compartilhou um documentário que "continha algumas falsas declarações, narrativas e linguagens antissemitas". O jogador diz arcar com toda a responsabilidade das suas ações mas que esclareceu que não é antissemita e pedu perdão por "ter compartilhado o documentário sem contextualizar ou explicar quais crenças contidas nele eu realmente concordava ou não". A retratação oficial veio na sexta-feira passada.

Alguns dias após o caso e sem mencionar o assunto, o Brooklyn Nets puniu o jogador por pelo menos cinco partidas de suspensão.