Leandro Carvalho merece prêmio Puskas pelo golaço olímpico contra o Corinthians

Yahoo Esportes
Jogadores do Ceará comemoram o gol de Leandro Carvalho, no empate contra o Corinthians. Foto: Flávio Corvello/Futura Press
Jogadores do Ceará comemoram o gol de Leandro Carvalho, no empate contra o Corinthians. Foto: Flávio Corvello/Futura Press

Leandro Carvalho, do Ceará, merece o prêmio Puskas por um dos gols olímpicos mais bonitos da história. O atacante vazou o goleiro Cássio e empatou o jogo contra o Corinthians, marcando o segundo gol cearense, num chute de três dedos com muito efeito, fazendo a bola roçar na trave e cair dentro da rede.

SIGA O YAHOO ESPORTES NO INSTAGRAM

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Um gol a la Nelinho, Marcelinho Carioca, Neto, Roberto Carlos e outros grandes especialistas na arte de bater na bola.

Leia também:

O mérito foi todo de Leandro Carvalho. Cássio e seus zagueiros tentaram adivinhar a cobrança de escanteio, esperando um cruzamento aberto. Não havia nenhum corintiano na primeira trave, algo comum em tiros de canto para todos os times.

Leandro bateu com grande categoria, digno de grande lance para sempre no futebol brasileiro. O placar igualado foi mais justo pelos desempenhos das duas equipes. No primeiro tempo, o Corinthians foi superior e abriu 2 a 0 com tranquilidade. Na segunda etapa, o Ceará empurrou o Corinthians, criou várias chances e mereceu o empate, algo reconhecido até por Fábio Carille.

Aliás, Carille demorou para reforçar o meio-campo, dominado pelo Ceará, após o intervalo. Seus meias cansaram e não acionaram os atacantes, bem marcados pelos defensores cearenses.

Para quem acredita brigar pelo título brasileiro, o empate foi péssimo para o Corinthians e excelente para o Ceará, na luta para se manter na Série A.

Siga o Yahoo Esportes: Twitter | Instagram | Facebook | Spotify | iTunes | Playerhunter

Leia também