Lauro Chaman termina prova de ciclismo contrarrelógio na 9ª posição nos Jogos Paralímpicos

·1 minuto de leitura


Medalhista de bronze e prata no Rio de Janeiro há cinco anos, o ciclista Lauro Chaman não conseguiu subir ao pódio na prova de contrarrelógio 3000m nos Jogos Paralímpicos de Tóquio. Nesta quinta-feira, o brasileiro da classe C5 ficou apenas na 9ª colocação, com tempo de 1m06s42.

+ Gabriel Araújo conquista a primeira medalha para o Brasil nos Jogos Paralímpicos de Tóquio

Lauro Chaman chegou a figurar durante boa parte da prova na terceira colocação, mas acabou caindo de posição no fim. Outro ciclista brasileiro da prova, André Luiz Grizante finalizou a participação na 21ª colocação, com tempo de 1m12s64.

+ Atleta brasileiro cai no exame anti-doping e deixa os Jogos Paralímpicos

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos